01:49 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    USS Zumwalt da Marinha dos EUA

    Destróier sem artilharia: Zumwalt estadunidenses ficam sem munições

    © AFP 2019/ US NAVY
    Defesa
    URL curta
    931
    Nos siga no

    Há mais de um ano, a Marinha dos EUA desistiu de equipar seus destróieres de classe Zumwalt com munições LRLAP devido ao custo exorbitado. No entanto, a Frota estadunidense ainda está considerando qual é a melhor opção para substituir estes projéteis.

    O projétil Long Range Land-Attack Projectile (LRLAP), fabricado pela empresa Lockheed Martin no valor de US$ 800 mil (R$ 2,56 milhões) por unidade, foi rejeitado pela Marinha dos EUA em 2016. Somando os custos operativos e amortização, cada disparo deste projétil poderia custar ao orçamento da Marinha US$ 2 milhões (R$ 6,4 milhões).

    Não obstante, estes projéteis são o único tipo de munição projetado especificamente para os Zumwalt, e até o momento não existe uma alternativa, indica a revista Defense News.

    Inicialmente, a Marinha planejava adquirir 28 destes moderníssimos destróieres, mas devido ao preço alto, esse número reduziu-se para 7. Finalmente, foram compradas 3 unidades.

    "Planejávamos comprar milhares destes projéteis, mas o número de navios acabou com sua acessibilidade", revelou a Defense News.

    O primeiro destróier desse tipo, o USS Zumwalt (DDG-1000), foi posto em serviço em outubro do ano passado depois de ter sido sujeito a uma série de testes técnicos, principalmente depois de um acidente que ocorreu ao cruzar o canal do Panamá. Vale destacar que o primeiro navio de classe Zumwalt sofreu uma série de falhas técnicas graves.

    Com um deslizamento de 14.798 toneladas e 180 metros de comprimento de uma ponta à outra, estes navios podem alcançar velocidade máxima de 55 km/hora.

    Cada embarcação estará armada com 20 lançadores Mk 57 VLS para 80 mísseis, 2 canhões antiaéreos de 155 milímetros de calibre e 2 canhões Mk 110 de 57 milímetros de calibre. Os Zumwalt podem servir como plataforma para helicóptero naval Sikorsky SH-60 Seahawk e 3 drones de reconhecimento e apoio aéreo para MQ-8 Fire Scout.

    Mais:

    Superdestróier norte-americano Zumwalt quebra durante testes
    Opinião: Pressão do navio Zumwalt dos EUA sobre China supera drasticamente a do THAAD
    Marinha dos EUA não tem resposta convincente a mísseis de Pyongyang
    Marinha dos EUA lança seu segundo destróier do futuro (VÍDEO)
    Tags:
    projéteis, destróier, munição, preço, artilharia, navio, USS Zumwalt, Lockheed Martin, Marinha dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar