08:38 19 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    O veículo de apoio de fogo russo BMPT-72 Terminator-2

    'Não há análogos': Terminator russo se torna sonho de consumo da Síria e Israel

    CC BY 4.0 / Vitaly V. Kuzmin / BMPT-72 Terminator 2
    Defesa
    URL curta
    313251254

    Israel e Síria expressaram nesta semana seu interesse em comprar veículos russos de apoio para tanques tipo Terminator. No entanto, o vice-premiê russo, Dmitry Rogozin, surpreendeu-se que estes países "estejam mostrando interesse somente agora".

    "É estranho que demoraram tanto para tomar decisão. É um veículo único", escreveu ele no Facebook.

    Segundo Rogozin, estes carros de combate, que serão fornecidos às Forças Armadas da Rússia, terão êxito nos mercados mundiais de armamento.

    "Terminator 'explodiu' o mercado de exportação de armamentos e tem um futuro brilhante, pois demonstrou não possuir adversários nem nos exércitos nem nas indústrias militares de outros países do mundo, e continuará não tendo por um tempo", declarou Rogozin em entrevista ao canal russo Rossiya 24.

    O vice-premiê recordou que a primeira geração deste veículo foi desenhada se baseando no tanque T-72.

    Planejava-se equipar uma das companhias terrestres russas com as primeiras versões deste veículo para 2010, mas esse plano não foi levado a cabo.

    Mais tarde, um modelo do Terminator-2 foi enviado à Síria, onde mostrou excelentes resultados em seus primeiros testes em combates reais.

    Sem análogos

    Os Terminator são destinados a proteger tanques da infantaria. Estão equipados com dois canhões automáticos de 30 mm 2A42, quatro mísseis hipersônicos guiados, dois lança-granadas automáticos de 30 mm AG-17D, assim como uma metralhadora de 7,62 mm. Esse veículo pode levar até três pessoas.

    Seus dispositivos técnicos encontram tanques do inimigo a até cinco quilômetros de distância.

    De acordo com especialistas, o veículo não tem análogos no mundo e pode servir de exemplo para elaborar no futuro robôs de combate terrestres.

    Por sua parte, o general Vladimir Bogatyrev explicou à Sputnik cada uma das caraterísticas e principais tarefas dos blindados Terminator.

    Segundo o especialista, quando o inimigo possui numerosos armamentos antitanque, sua tarefa principal é apoiar os tanques. O sistema de medidas antitanque, de médio e curto alcance, é capaz de destruir tanto avos blindados como individuais, permitindo que os tanques se concentrem na destruição dos principais alvos do adversário.

    "Mas o mais importante é salvar a vida da tripulação, protegendo o próprio tanque e suas capacidades", afirmou.

    Prevê-se que os Terminator façam parte dos grupos de tanques, criando uma espécie de unidades especiais onde cada um cumpra sua tarefa: os tanques disparam contra edifícios e veículos blindados, enquanto os Terminator eliminam complexos antitanque e alvos ligeiramente blindados.

    Os veículos blindados russos também são capazes de atuar independentemente: reforçar sua infantaria, proteger instalações e acompanhar colunas, assim como eliminar terroristas que se encontrem e andares mais altos de edifícios. Os veículos podem exterminar também franco-atiradores, lança-granadas e metralhadoras tanto de dia como de noite.

    Mais:

    Será que tanque russo é capaz de combater em Marte? Mídia ocidental avalia
    Tanque T-90 russo mostra seu esplendor (VÍDEO)
    Tags:
    veículo de combate, veículo de apoio, veículo blindado, T-72, Terminator, Dmitry Rogozin, Síria, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik