09:47 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Rifle ORSIS T-5000 em ação

    Disparo único: os 5 fuzis de precisão russos que poucos conhecem (FOTOS)

    © Sputnik / Yevgeny Biyatov
    Defesa
    URL curta
    8352
    Nos siga no

    Conheça os detalhes de cinco potentes rifles de franco-atiradores russos na lista do especialista Andrei Kots preparada para a Sputnik.

    O consórcio russo Kalashnikov apresentará pela primeira vez o rifle semiautomático Chukaev durante o III Fórum Internacional Técnico Militar EXÉRCITO 2017, que será realizada de 22 a 27 de agosto, na Rússia.

    Os detalhes técnicos ainda não são conhecidos, apenas que será de calibre 7,62 mm e terá um comprimento de pouco mais de um metro. O novo rifle, no entanto, com o tempo, poderá substituir os lendários rifles Dragunov (SVD, na sigla em russo), a principal arma dos atiradores de elite dos exércitos soviético e russo desde 1963.

    Um franco-atirador usando um dos lendários rifles Dragunov
    © Sputnik / Anton Denisov
    Um franco-atirador usando um dos lendários rifles Dragunov

    Os SVD são muito conhecidos por todas as suas aparições em filmes, jogos de vídeo ou em reportagens de televisão a partir de áreas de conflito. Ao mesmo tempo, outros rifles de franco-atirador menos conhecidos são utilizados com frequência pelas tropas e agentes policiais da Rússia. Alguns deles são únicos em muitos aspectos e merecem uma menção especial.

    Dragunov SVU

    Os projetos de desenvolvimento do rifle de franco-atirador (SVU, na sigla em russo) Dragunov surgiram na década de 70 do século passado. Na época, as Forças Armadas da União Soviética precisavam de uma arma de alta precisão, mas de pequeno tamanho para ser usada pelas tropas paraquedistas.

    O Dragunov original utilizado pelas Forças Armadas da URSS era muito desconfortável. Seu tamanho dificultava o uso dos cintos de paraquedistas. Então, os soldados careciam de um fuzil que fosse mais compacto, mas que tivesse características e capacidades de combate similares ou superiores às do SVD.

    A produção industrial dos SVU, no entanto, começou apenas cerca de 20 anos mais tarde. O rifle foi finalmente adotado pelo Exército russo, depois de algumas adaptações e modernizações.

    O SVU, de fato, é mais curto que o seu "irmão mais velho". O fuzil mede 98 centímetros de comprimento, enquanto que o Dragunov original tem 122 centímetros. Além disso, o modelo reduzido é uma arma bullpup, ou seja, o seu carregador está por trás do disparador.

    O rifle conta com um silenciador integrado, capaz de reduzir o nível de ruído entre 10% e 12%, em comparação com o SVD, de modo que é praticamente impossível determinar a localização exata do franco-atirador.

    O alcance efetivo dos disparos feitos a partir de um SVU é de 800 metros, no entanto, a arma mostra melhores resultados em distâncias entre 200 e 300 metros. De maneira geral, nos combates urbanos não é necessário mais do que isso.

    ASVK

    O Fuzil de Precisão de Grande Calibre do exército (ASVK, na sigla em russo) foi oficialmente adotado pelas Forças Terrestres da Rússia no ano de 2013, cerca de 10 anos depois de iniciar sua produção em massa.

    Fuzil franco-atirador de Grande Calibre do exército (ASVK)
    Fuzil franco-atirador de Grande Calibre do exército (ASVK)

    Esta arma eficaz é projetada para lutar contra soldados inimigos equipados com colete à prova de bala e veículos de combate ligeiramente blindados localizados a uma distância de até um quilômetro e meio. O longo alcance do ASVK torna-se realidade devido a seu cano longo de um metro de comprimento e seu poderoso cartucho de calibre 12,7 x 108 mm. O carregador de cinco rodadas está localizado atrás do disparador.

    Ao contrário do SVD e do SVU, a recarga da arma é feita manualmente. Isso permite que o alcance da arma seja maior, já que a energia dos gases de pólvora é utilizada apenas no disparo do projétil e não é "desperdiçada" no funcionamento da automação da arma.

    Uma das principais vantagens do ASVK em relação a outros rifles é a sua grande potência. As balas disparadas são capazes de penetrar em qualquer armadura existente. Por outro lado, a sua maior desvantagem, assim como na maioria das armas deste tipo, é o seu peso. O ASVK pesa 12 kg, sem contar com a munição e a mira telescópica.

    ORSIS T-5000

    O rifle T-5000, produzido pela fábrica de armas russa ORSIS, é considerado pelos franco-atiradores como uma "ferramenta cirúrgica". A arma foi desenvolvida em 2011. Já em 2012, os atiradores de elite do famoso grupo Alfa — unidade antiterrorista de operações especiais do Serviço Federal de Segurança da Rússia — a utilizaram para vencer um concurso internacional de atiradores de elite da polícia e do exército.

    As principais características do T-5000 são a precisão e exatidão a longas distâncias. O alcance da arma pode chegar a 1.650 metros. No entanto, um atirador experiente, depois de passar por um treinamento preliminar, pode certamente atirar mais longe. O fuzil está disponível em versões para cartuchos 7,62 x 51 mm, 7,62 x 67 mm e 8,6 x 70 mm, o carregador pode ter capacidade para cinco ou 10 rodadas.

    As desvantagens do rifle são uma consequência de seus méritos. Em primeiro lugar, o T-5000 é muito caro, a versão civil pode custar mais de 400 000 rublos, cerca de R$ 21 mil. Em segundo lugar, os cartuchos utilizados no rifle são pouco comuns na Rússia. Portanto, é pouco provável que o rifle possa ser utilizado em larga escala pelas Forças Armadas do país. No entanto, o fuzil é usado ativamente pelos soldados das unidades especiais.

    VSSK Vykhlop

    O Fuzil franco-atirador especial de grande calibre (VSSK, na sigla em russo) Vykhlop foi desenvolvido para o Centro de Operações Especiais do Serviço Federal de Segurança da Rússia no início dos anos 2000.

    Fuzil franco-atirador especial de grande calibre VSSK Vykhlop
    Fuzil franco-atirador especial de grande calibre VSSK Vykhlop

    Seus fabricantes conseguiram combinar inúmeras características impressionantes em uma única arma: um grande calibre de 12,7 milímetros, um tamanho relativamente pequeno — 110 centímetros de comprimento —, um peso relativamente baixo — 6,5 kg e o nível de ruído muito baixo.

    O Vykhlop é projetado para combater veículos de combate ligeiramente blindados ou não blindados, assim como soldados com coletes à prova de bala localizados a distâncias de até 600 metros. É ideal para o uso nas unidades antiterroristas, que operam principalmente em áreas urbanas.

    Fuzil franco-atirador especial de grande calibre VSSK Vykhlop
    © Sputnik / Yevguny Biyatov
    Fuzil franco-atirador especial de grande calibre VSSK Vykhlop

    Uma das principais características do VSSK é o cartucho 12,7 x 55mm SC-130, projetado especialmente para este rifle. Esse cartucho subsônico, combinado com o silenciador da arma, reduz significativamente o nível de ruído da arma.

    Lobaev SVL

    Os fuzis Lobaev (SVL, na sigla em russo) são uma família de armas que inclui mais de uma dezena de rifles com diferentes características táticas e técnicas, desenhos variados e cartuchos.

    O representante mais conhecido dos fuzis Lobaev é o SVLK-14S Sumrak. Este rifle tem o recorde de maior alcance de tiro: em 2015, conseguiu acertar um alvo localizado a uma distância de 3.400 metros.

    Os fuzis SVLK-14S Sumrak em uma exposição de armas na Rússia
    © Sputnik / Yevgeny Biyatov
    Os fuzis SVLK-14S Sumrak em uma exposição de armas na Rússia

    Os fuzis Lobaev são utilizados por diferentes estruturas armadas, não só na Rússia, mas também nos Emirados Árabes Unidos. Na Rússia, por exemplo, são utilizados pelo Serviço de Segurança Presidencial do Serviço Federal de Proteção da Rússia. A alta precisão e eficiência dos SVL fazem destes rifles as armas de elite dos atiradores.

    Mais:

    Sete armas russas que mostraram sua eficácia na Síria
    Especialista militar: armas russas têm vantagens no mercado mundial
    Beleza das armas russas salvará o mundo (FOTOS)
    Tags:
    armas, fuzil, rifle, franco-atirador, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar