02:05 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Caça russo T-50 realiza voos de teste no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2017

    Opinião: acrobacia dos T-50 no show aéreo MAKS deixou todos pasmados

    © Sputnik / Sergei Mamontov
    Defesa
    URL curta
    Salão aeroespacial MAKS 2017 (20)
    14354

    Terminou a primeira fase de testes estatais do caça de quinta geração T-50, informou o comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, Viktor Bondarev. O especialista militar comentou a performance impressionante do caça russo durante o show aéreo MAKS 2017 ao serviço russo da Rádio Sputnik.

    O comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, Viktor Bondarev, informou ter terminado a primeira fase de testes estatais do caça de quinta geração PAK FA T-50 no âmbito do salão aeroespacial MAKS 2017.

    "Agora passamos à segunda fase de testes. Foi também recebida a recomendação para começar a produzir o lote inicial desses aviões", disse o comandante.

    O T-50 (PAK FA — complexo de aviação promissor de aviação tática) é um caça multifuncional russo de quinta geração. O avião deve substituir o Su-27. Está previsto que até 2020 os militares russos recebam 55 caças deste tipo.

    O especialista da revista Arsenal Otechestva (Arsenal da Pátria) destacou a performance impressionante do caça russo no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2017.

    "É mesmo um acontecimento marcante, pelo menos porque somos o segundo país a começar produzindo brevemente em série estes aparelhos — os caças de quinta geração. A acrobacia que os T-50 mostraram no salão MAKS é algo que nos corta a respiração, especialmente as manobras. A batalha que improvisaram o [piloto de provas honorário] Sergei Bogdan e seu colega nos impressionou muito. Os aviões fizeram coisas incríveis! Eu vi no Farnborough [show aéreo na Grã-Bretanha] o desempenho do F-22, mas não se pode igualar ao T-50", disse o especialista.

    De acordo com ele, o único concorrente do T-50 é o F-22 Raptor norte-americano. Mas mesmo perante este avião o T-50 tem uma vantagem.

    "A vantagem do T-50 é que ele, comparado com o Raptor, é mais novo. Como esteve sendo desenvolvido mais tarde, ele incorporou mais tecnologias inovadoras. Mesmo assim, talvez tenha alguns defeitos dos quais ainda não sabemos, por exemplo, não sabemos em que fase se encontra a eletrônica. Mas este parâmetro do avião norte-americano também é desconhecido, porque as empresas simplesmente não os revelam", sublinhou Viktor Bondarev no ar do serviço russo da Rádio Sputnik.

    Tema:
    Salão aeroespacial MAKS 2017 (20)

    Mais:

    Rússia não planeja passar completamente para a aviação militar não tripulada
    MAKS 2017: truques inéditos do grupo acrobático Russkie Vityazi
    Tags:
    performance, quinta geração, caça russo, T-50, Força Aeroespacial da Rússia, Viktor Bondarev, Zhukovsky, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik