00:32 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Um obuseiro autopropulsado MSTA-S é visto na Parada da Vitória em 9 de maio em Moscou

    'Rússia produz novos armamentos, enquanto EUA continuam usando obuseiros da década de 60'

    © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    Defesa
    URL curta
    57313

    As Forças Terrestres da Rússia se estão armando com novas peças de artilharia, enquanto o Pentágono continua equipando seu exército com versões modernizadas de armas antigas, afirma o observador da edição The National Interest, Dave Majumdar.

    Deste modo, várias dezenas de unidades de peças de artilharia autopropulsada Msta-S entraram há pouco em serviço das divisões Tamanskaya e Kantemirovskaya russas. A nova peça autopropulsada será usada até que se estabeleça o fornecimento maciço de obuseiros Koalitsia-SV, frisa o artigo da National Interest.

    O chefe das tropas de mísseis e artilharia das Forças Armadas russas, Mikhail Matveevsky, comunicou mais cedo que as entregas em série das novas peças Koalitsia-SV começariam antes de 2020.

    De acordo com o interlocutor da NI, o editor-chefe da edição Moscow Defense Brief Mikhail Barabanov, ainda faltam alguns anos até à produção maciça do Koalitsia-SV, porém, o Msta-S também será uma arma bem moderna nas Forças Terrestres russas.

    Esta peça se construiu com base no obus 2A65 de 152 mm que dispara por volta de 8 tiros por minuto. Provavelmente, a peça nova vai disparar mais rapidamente, acredita a NI.

    "Estes obuses serão produzidos até ao lançamento em larga escala da peça Koalitsia. Eles têm um novo sistema de pontaria e canhões e mecanismos de carregamento mais modernos", frisou o especialista.

    "Msta-S e Koalitsia-SV vão reforçar significativamente o potencial de artilharia das Forças Terrestres. Entretanto, o exército americano continuará usando uma versão modernizada do M109 Paladin da década de 60", destaca a edição.

    Mais:

    Operadores de mísseis russos destroem navios do inimigo simulado no Báltico
    Tropas de mísseis Iskander eliminaram postos de comando convencionais do 'inimigo'
    Novo tanque russo Armata deixa para trás análogos mundiais (VÍDEO)
    Tags:
    obus, artilharia, armas, MSTA-S, Koalitsiya-SV, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik