03:57 27 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Helicópteros Mi-8 com sistemas Rychag-AV (foto de arquivo)

    Protegerá qualquer avião: Rússia vende seus sistemas antimísseis President-S a três países

    © Sputnik / Maksim Bogodvid
    Defesa
    URL curta
    5372

    A Rússia forneceu seus sistemas antimísseis de bordo President-S a três países, afirmou à Sputnik o representante do consórcio Tecnologias Radioelectrónicas (KRET), Vladimir Mikheev, sem especificar os compradores.

    Além disso, de acordo com Mikheev, Moscou está negociando novos fornecimentos a clientes na África, na região Ásia-Pacífico e na América Latina. Anteriormente, foi relatado que vários países têm interesse na aquisição de sistemas de defesa eletrônica de bordo President-S e dos sistemas Rychag-AV, instalados nos helicópteros Mi.

    "Os fornecimentos para vários países estão em andamento: cumprimos nossas obrigações de instalar os sistemas (Rychag-AV) em diferentes modificações de nossos Mi-17 e Mi-8 e, em alguns casos, as obras foram levadas a cabo em território estrangeiro", admitiu Mikheev.

    O President-S é um sistema de defesa que permite detectar automaticamente ameaças para as aeronaves que o transportam, assim como tomar as medidas necessárias para invalidar o ataque. É capaz de neutralizar mísseis terra-ar, assim como sistemas portáteis de defesa antiaérea.

    O sistema permite detectar e rastrear mísseis do inimigo com um raio laser multiespectral para desativar seu sistema de guiamento.

    Ao comentar o início da produção desses sistemas em 2015, o vice-chefe do KRET, Igor Nasenkov, salientou que o President-S é capaz de proteger qualquer avião.

    Mais:

    Avião de passageiros inovador russo MC-21 faz seu 1º voo (FOTO, VÍDEO)
    Rússia amplia exportações do sistema antimíssil President-S
    Caças MiG-35 e aviões anfíbios russos despertam grande interesse na América Latina
    Tags:
    fornecimento, defesa antimísseis, Mi-8, Mi-17, President-S, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik