15:13 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    061
    Nos siga no

    A Promotoria Militar da região sul ucraniana apresentou queixa ao tribunal contra a empresa-empreiteira devido à reparação deficiente do navio almirante da Marinha da Ucrânia, Hetman Sahaidachny.

    Segundo informa o site oficial da Promotoria Geral do país, a fragata ficou inoperacional imediatamente depois da reparação. Destaca-se que a razão é uma avaria no motor a diesel que a empresa não conseguiu consertar no período estabelecido.

    Levando em conta esse fato, a Promotoria exige que a empresa a pague "uma multa que corresponde aos interesses do Estado" no valor de 668 mil grívnas (R$ 80 745).

    No entanto, segundo aponta a mídia, a reparação do navio almirante iniciou-se na semana passada e custou 14,5 milhões de grívnas (R$ 1, 753 milhões).

    Mais:

    Força Aérea da Ucrânia começa preparativos para Rapid Trident 2017
    Departamento de Estado dos EUA critica bloqueio da mídia russa na Ucrânia
    Quanto custa à Ucrânia a ciberguerra contra a Rússia?
    Ucrânia desiste da ideia de 'desocupar' Donbass pela força
    Tags:
    Ucrânia, Marinha da Ucrânia, navio, fragata, reparação, Hetman Sahaidachny, promotoria, multa, sanções, quebra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar