05:49 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    39628
    Nos siga no

    Em um hipotético combate com o Su-35 da Rússia, somente um piloto muito habilidoso seria capaz de salvar um avião de caça F-35 norte-americano, afirmou Dave Majumdar em um artigo para The National Interest.

    De acordo com o colunista militar, a aeronave das Forças Armadas dos Estados Unidos é significativamente inferior ao Su-35. Em termos de combate aéreo, o F-35 não tem boa manobrabilidade e também não possui a velocidade e a altitude necessárias para o combate aéreo a longa distância.

    O raio de ação dos mísseis AIM-120, com os quais o F-35 está equipado, é muito menor do que o de outra aeronave norte-americana, o F-22 Raptor. Além disso, o F-35 possui menos mísseis ar-ar, disse o especialista.

    "Basicamente, um piloto de F-35 deve evitar um combate próximo a todo o custo", salienta Majumdar.

    O caça norte-americano F-35 é um dos aviões mais caros da história da humanidade. O programa para o desenvolvimento e construção da aeronave terá um custo total para o Governo americano de cerca de 1,4 bilhões de dólares.

    No entanto, o caça polivalente de quinta geração é considerado, por muitos especialistas, um fracasso das Forças Armadas dos EUA devido a suas inúmeras falhas críticas de desempenho e problemas de manutenção.

    Mais:

    Poderiam os F-35 israelenses ter enfrentado os S-300 russos na Síria?
    Mais caro do que o F-35: será que o CH-53 justifica os custos?
    Su-35 poderão detectar alvos em quaisquer condições climáticas
    Caças Su-35 'repelem' ataque de inimigo virtual no Extremo Oriente da Rússia
    Tags:
    pilotos, caça, Su-35, F-35, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar