03:31 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Apresentação do sistema aéreo MiG-35 no distrito de Moscou

    Caça russo mais recente MiG-35 pode ser boa aquisição para a Índia

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Defesa
    URL curta
    10141
    Nos siga no

    O caça russo mais recente MiG-35 pode interessar a Força Aérea da Índia em termos de sua correlação entre custo e eficácia, disse na terça-feira (14) o serviço da imprensa da Corporação russa de construção de aviões (RSK, sigla em russo) MiG.

    A exposição aeroespacial internacional Aero India 2017 está decorrendo de 14 a 18 de fevereiro na base da Força Aérea da Índia em Bangalore. Nela as empresas russas apresentam mais de 400 exemplares de equipamento militar.

    "O MiG-35 é um produto interessante para a Força Aérea da Índia em termos de [correlação] ‘custo — eficiência'. Estamos prontos para discutir ativamente com os nossos parceiros indianos as questões relacionadas com o fornecimento deste meio aéreo que permite usar toda a gama de armas nacionais e estrangeiros existentes e em desenvolvimento, incluindo as que estão projetadas para caças pesados", disse o diretor geral da RSK MiG, Ilia Tarasenko, cujas palavras são citadas pelo serviço de imprensa da empresa.

    O comunicado do serviço de imprensa refere que o MiG-35 é um avião fundamentalmente novo. Ele herdou a configuração aerodinâmica de um dos caças mais populares da 4ª geração, o MiG-29, já testada pelo tempo. Além disso, o MiG-35 tem sistemas de equipamentos de bordo completamente novos e capacidades militares significativamente aumentadas, como o raio de sua aplicação e a carga útil — o novo sistema aéreo pode transportar até seis toneladas de armas, o que é comparável aos aviões de combate de classe média e pesada.

    Sendo um avião multifuncional, pouco visível, criado com tecnologia "stealth", o MiG-35 é capaz de executar missões contra todos os grupos de objetivos, não só individualmente, mas também como parte de uma equipe aérea, de dia ou de noite e com quaisquer condições meteorológicas.

    "Historicamente, a corporação MiG tem uma estreita cooperação com a República da Índia. Em 2016, a empresa concluiu com êxito um contrato de fornecimento de caças embarcados MiG-29K/KUB à Marinha indiana. Estamos prontos a dar grandes passos para implementar o programa Make in India anunciado pelo primeiro-ministro indiano Narendra Modi. Isto significa que as questões de localização da produção vão ser discutidas em um âmbito muito alargado. A nossa empresa já se estabeleceu nessa direção realizando o programa de modernização de aeronaves MiG-29 até ao nível UPG nas instalações da HAL em Nasik", adicionou Tarasenko.

    Apresentação do novo MiG-35

    No final de janeiro, na Rússia teve lugar a estreia mundial do mais recente sistema aéreo multifuncional MiG-35. O caça da geração "4++" supera todos os sistemas análogos estrangeiros existentes.

    O chefe da Força Aeroespacial da Rússia, coronel-general Viktor Bondarev, disse que o MiG-35 irá substituir toda a frota de caças leves russos, que hoje consiste das várias versões do MiG-29.

    A RSK MiG é uma empresa de ciclo completo dedicada ao desenvolvimento, produção, comercialização, manutenção, reparação e modernização de aeronaves modernas e também ao treinamento de pilotos e técnicos. A série de produtos da RSK MiG inclui sistemas de aeronaves modernos, incluindo caças da família unificada MiG-29K/KUB e MiG-29M/M2, caças-interceptores profundamente modernizados MiG-31BM, equipamento de treinamento, bem como o mais novo sistema aeronáutico multifuncional MiG-35. Os construtores da RSK MiG trabalham intensamente na criação de uma nova geração de material aeronáutico, tanto tripulado como não tripulado.

    Mais:

    'Problemático' caça F-35 domina os céus, mas por enquanto só na realidade virtual
    Monstro submarino de 500 milhões de anos na hora da caça (VÍDEO)
    Disparo acidental de caça F-16 mata uma pessoa nos EUA
    Tags:
    tecnologia, aviação, aeronave, avião, caça, MiG-31, MiG-29, MiG-35, Força Aeroespacial da Rússia, MiG, Índia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar