10:06 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caças Su-27 da Força Aérea russa

    Aviação russa testa defesa antiaérea de Moscou

    © Sputnik/ Anton Denisov
    Defesa
    URL curta
    17161

    Aviação da Força Aeroespacial da Rússia inspecionou o sistema de defesa antiaérea na zona de Moscou sob sua responsabilidade no decurso de uma inspeção extraordinária de prontidão de combate, informa o Departamento de Informação e Comunicação Social do Ministério da Defesa russo.

    A inspeção extraordinária da Força Aeroespacial da Rússia teve início no Exército russo por decisão do Comandante Supremo, declarou na terça-feira (7) o ministro da Defesa da Rússia, general de exército Sergei Shoigu. No total, cerca de 45 mil militares e de 1,7 mil unidades de armamento e material militar estão sendo inspecionados.

    "A aviação da Força Aeroespacial da Rússia participou da inspeção da defesa antiaérea das unidades da Força Aeroespacial na zona de Moscou. Levantaram voo cerca de 20 aviões de tipos diferentes, incluindo caças Su-27 e MiG-29, bombardeiros Su-34, aviões de treinamento e combate Yak-130, aviões de transporte An-26 e An-12 e helicópteros Mi-8 e Ka-52 que funcionaram como alvos de referência para as unidades de defesa antiaérea atuando a partir de diferentes direções", diz o comunicado.

    Foi referido que os aviões Tu-160 e Tu-22M3 efetuaram voos a velocidade supersónica à distância limite das zonas controladas pelos radares, o que fez dificultava sua detecção e eliminação simulada. Os aviões deveriam se aproximar dos objetivos do ataque simulado sem serem detectados pelos radares e sistemas de mísseis antiaéreos. Aviões e helicópteros voaram a altitudes de 50 a 10.000 metros a diferentes velocidades. Para não serem detectados, os pilotos deviam desligar seus sistemas de identificação amigo-inimigo e voar em altitudes extremamente baixas.

    Os voos da aviação eram realizados 24 quatro horas por dia e registrados por meios de controle terrestres e aéreos.

    Mais:

    Rússia reposiciona sistemas antiaéreos S-300 e S-400 para inspeção de prontidão
    Rússia inicia inspeção repentina da sua Força Aeroespacial
    Qual é o segredo da popularidade dos helicópteros russos? (VÍDEO)
    Rússia começa exercícios com sistemas de mísseis Topol
    Tags:
    inspeção, alta velocidade, treinamento militar, caças russos, aviões de combate, prontidão de combate, aviação russa, An-12, An-26, Yak-130, Tu-22M3, Tu-160, Su-34, Su-27, Força Aeroespacial da Rússia, Ministério da Defesa (Rússia), Sergei Shoigu, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik