07:47 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov

    Fonte revela quando Admiral Kuznetsov retorna da Síria para base naval russa

    © Sputnik / Oleg Lastochkin
    Defesa
    URL curta
    6111

    O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov, juntamente com o grupo de navios do qual faz parte, retornará à base naval da Frota do Norte da Rússia, Severomorsk, em 9 de fevereiro, após ter completado sua operação militar perto da costa síria, informou uma fonte militar à Sputnik na segunda-feira (6).

    Desde 8 de novembro de 2016, o grupo naval russo, que é composto pelo Admiral Kuznetsov, pelo cruzador Pyotr Veliky, pelos destróieres antissubmarino Vitse-Admiral Kulakov e Severomorsk, por navios de apoio e mais de 40 aviões e helicópteros, cumpriu suas tarefas militares de combate ao terrorismo na Síria.

    O entrevistado informou que, em 9 de fevereiro, na base naval principal da frota vai decorrer uma cerimônia solene de recepção dos navios chefiados pelo Admiral Kuznetsov. O evento contará com a participação de representantes do Ministério da Defesa e do comando da Marinha russa.

    Durante dois meses de operação, os pilotos da aviação embarcada efetuaram 420 voos, responsáveis pela destruição de 1.200 alvos terroristas.

    Em 6 de janeiro, Valery Gerasimov, chefe do Estado Maior General das Forças Armadas russas, comunicou que todas as tarefas militares foram cumpridas e que o grupo naval russo, liderado pelo Admiral Kuznetsov, está retornando ao ponto de sua deslocação permanente. No dia 3 de fevereiro, a ala aérea do porta-aviões chegou ao seu aeródromo. Os aviões Su-33 e MiG-29K, helicópteros Ka-52, Ka-29 e Ka-27 já aterrissaram na base em Severomorsk.

    Mais:

    Qual é a verdadeira razão da escolta do Admiral Kuznetsov pelo Reino Unido?
    Michael Fallon: Admiral Kuznetsov é o 'navio da vergonha' da Rússia
    Navios britânicos se preparam para escoltar porta-aviões Admiral Kuznetsov
    Tags:
    terroristas, cerimônia, aviação, missão, porta-aviões, Ka-52, MiG-29, Su-33, Vitse-Admiral Kulakov, Pyotr Veliky, Admiral Kuznetsov, Ministério da Defesa (Rússia), Marinha da Rússia, Valery Gerasimov, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar