22:08 21 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    20161
    Nos siga no

    Os Su-35 da última geração receberam sistemas óticos avançados que podem detectar drones, helicópteros e aviões através do calor do motor que estes emitem.

    O sistema ótico, que também permite atacar alvos no solo, recebeu nome de OLS-35, informa edição russa Izvestia.

    OLS-35 está baseado na câmera sensível e câmera térmica que funcionam em quaisquer condições climáticas noite e dia. O sistema também é equipado com um laser que mede a distância ao alvo e cria uma espécie de mancha invisível em direção à qual as bombas e mísseis se orientam. Os dados são transmitidos ao complexo de precisão do caça e depois o computador de bordo calcula os parâmetros para atacar com a máxima precisão.

    Os dados coletados pelo sistema aparecem no indicador da cabina, em frente do piloto.

    Mais:

    Rússia elabora novo sistema de identificação amigo-inimigo para caças
    Rússia presenteia Sérvia com caças, tanques e blindados
    Caças da OTAN continuam voos de treino sobre a Estônia
    Tags:
    Su-35, armas de alta precisão, caça, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar