14:07 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6602
    Nos siga no

    A Rússia e o Egito estão em negociações sobre o possível arrendamento de estruturas militares egípcias pelo lado russo.

    As negociações têm a ver inclusive com a antiga base aérea soviética localizada na cidade de Sisi Barrani, que deverá ser completamente reconstruída em 2019.

    A informação foi divulgada pelo jornal russo Izvestiya, que cita fontes de círculos militares, diplomáticos e políticos.

    "As negociações sobre a participação da Rússia na restauração de estruturas militares egípcias na costa do mar Mediterrâneo na região, de Sidi Barrani, estão sendo realizadas de forma bastante bem sucedida. Em caso de se chegar a acordo sobre as condições de ambos os lados, a base poderia começar a funcionar já em 2019", informou a fonte do jornal.

    Abdul Fatah Khalil Al-Sisi, presidente egípcio, visita a Cerimônia de abertura da nova via do Canal de Suez na cidade egípcio Ismailia
    © REUTERS / The Egyptian Presidency/Handout via Reuters
    De acordo com a fonte, o Egito está pronto para acordar o arrendamento com Moscou, para esta última resolver suas tarefas geopolíticas mais importantes, que coincidem com as do lado egípcio.

    A fonte especificou que a Rússia planeja transportar equipamentos por via marítima e é suposto que seja enviado para a base um contingente permanente russo.

    Mais cedo o Ministério da Defesa da Rússia tinha informado que está elaborando as questões do possível retorno de militares russos para Cuba e Vietnã, países onde já existiram bases militares soviéticas e russas.

    Mais:

    Egito se arma com helicópteros Ka-52K russos
    Tags:
    base militar, cooperação, Egito, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar