03:09 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Helicópteros russos Ka-52 'Alligator' são usados contra o Daesh na Síria

    Rússia começa a exportar nova geração de helicópteros de defesa

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Defesa
    URL curta
    3200

    O fortalecimento da ameaça terrorista e o grande número de sistemas de defesa aérea portátil representam uma ameaça significativa para os helicópteros. A situação internacional instável também impõe cada vez mais a necessidade de melhoria constante das aeronaves.

    Helicóptero russo Mi-26T2
    © Foto : "Russian Helicopters, JSC"
    A holding Helicópteros da Rússia, integrante da Rostec, corporação estatal da Federação da Rússia que desenvolve, fabrica e exporta produtos industriais de alta tecnologia para uso civil e militar, vai equipar aeronaves com o mais novo sistema de defesa aérea: o President-C.

    Os helicópteros multifuncionais Mi-171SH e Mi-17-B5, além dos modelos de transporte pesado Mi-26T2 e de combate Mi-28NE e Ka-52, já serão exportados com a nova tecnologia. 

    “Os helicópteros russos sempre demonstraram eficácia em condições reais de combate” afirma Aleksandr Mikheyev, diretor-geral da Helicópteros da Rússia. “A holding Helicópteros da Rússia trabalha para melhorar os equipamentos, modernizando-os constantemente e equipando-os com aviação de última geração. A instalação do President-C protegerá as aeronaves contra os sistemas de defesa dos inimigos, proporcionando um alto nível de segurança nos voos.”

    Para este ano, 12 helicópteros fornecidos a clientes estrangeiros já serão equipados com o President-C. O sistema se mostrou bastante eficaz durante as provas realizadas. No decorrer dos testes, nenhum míssil disparado conseguiu atingir a aeronave.

    Atualmente, a Fábrica de Helicópteros de Moscou Mil M.L. já está realizando com êxito as provas com o modelo Mi-171SH, pertencente a um país estrangeiro e que conta, entre outras tecnologias, com o President-C. O sistema também poderá ser instalado em helicópteros que são utilizados por autoridades e chefes de Estado.

    Uma vez concluída as provas pelos especialistas das holdings Helicópteros da Rússia e Consórcio Tecnologias Radioeletrônicas S. A., será modernizado um grande lote do Mi-171SH diretamente nas instalações do cliente no exterior. Além dos modelos já citados, a instalação do President-C também será oferecida nos novos contratos firmados para venda de helicópteros, sendo um componente importante do programa de modernização de aeronaves mundo afora realizado em conjunto com o Consórcio Tecnologias Radioeletrônicas S. A.

    O sistema President C inclui aparelhos de detecção de radiação laser, radiogoniômetro UV para identificar o lançamento de mísseis, estação de supressão optoeletrônica e dispositivo de lançamento de “flare” (contramedida defensiva aérea), entre outros. O desenho é composto por blocos/estações que ficam localizados tanto dentro da fuselagem da aeronave quanto nos pontos externos de fixação.

    Mais:

    Rússia inicia exportação de helicópteros com modernos sistemas de defesa
    América Latina terá novos centros de manutenção de helicópteros russos; Brasil inclusive
    Rússia constrói aeródromo militar para drones e helicópteros na Crimeia
    Helicópteros russos serão produzidos por robôs
    Tags:
    President-C, Mi-26T2, Mi-17-B5, Mi-171SH, Mi-28NE, Ka-52, Helicópteros da Rússia, Rostec, Alexander Mikheyev, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik