13:13 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Sistema auto-propulsado de artilharia 2S23 Nona-SVK (foto de arquivo)

    Sistema de morteiro Nona-S será em breve adotado por Exército russo

    © Sputnik / Viacheslav Afonin
    Defesa
    URL curta
    6332

    O sistema auto-propulsado de morteiro 2S9 Nona-S está passando por últimos testes na cidade russa de Perm antes de ser entregue às divisões de tropas de desembarque, informou o canal russo Zvezda TV.

    O veículo ligeiro possui a navegação por satélite e sistema automática de controle.

    O 2S9 Nona é um veículo anfíbio que pode ser propelido em águas por dois bocais de água traseiros. É equipado com um morteiro de 120 mm e é operado pela equipe de 4 homens.

    O 2S9 é compatível com cartuchos de fuzil, desenvolvidos especialmente para este sistema e minas de 120 mm que são usadas em muitas armas.

    O sistema pode ser usado como morteiro ou obus que lança fogo direto ou indireto.

    O alcance máximo de fogo é de 8,85 km usando projeteis ordinários e 7,1 km – minas.

    O veículo possui o motor de diesel 5D20 com o qual pode atingir a velocidade de 60 km/h.

    Durante os anos de 1980, sistemas Nona-S foram muito eficientes no terreno montanhoso na guerra soviética no Afeganistão.

    O sistema pode alvejar instalações não acessíveis para outras armas porque o seu alcance é menor.

    “Falei com os militares que lutaram no Afeganistão e elogiaram este arma auto-propulsada que, segundo eles, é muito preciso em situações de fogo direto e indireto”, disse o especialista Viktor Ignatyev no canal Zvezda TV.

    O sistema 2S9 Nona é ainda uma arma poderosa e deve reforçar ainda mais as capacidades de tropas de desembarque russos.

    Tags:
    morteiros, exército, armas, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar