20:28 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça multifuncional russo Su-34

    Ministério da Defesa russo nega violação do espaço aéreo turco

    © Sputnik/ Dmitry Vinogradov
    Defesa
    URL curta
    29373

    O Ministério da Defesa russo afirmou, neste sábado, que nenhuma aeronave russa violou o espaço aéreo turco.

    Segundo o órgão, nem a defesa aérea russa na Síria nem os radares sírios registraram violações das fronteiras turcas por um caça russo Su-34, como Ancara havia alegado anteriormente.

    Os relatos turcos de uma suposta violação por um caça russo Su-34 são “sem fundamento e propaganda”, declarou o porta-voz do Ministério neste sábado.

    “Não houve violações do espaço aéreo turco por parte do grupo aéreo russo na República Árabe da Síria. As declarações das autoridades turcas sobre uma suposta violação do espaço aéreo por um caça russo Su-34 são propaganda sem fundamento”, afirmou o major general Igor Konashenkov.

    O suposto incidente teria ocorrida na sexta-feira, afirmou anteriormente o Ministério da Defesa da Turquia. Ancara, inclusive, convocou o embaixador russo para dar explicações sobre a alegada violação.

    “nenhum desses radares conseguem estabelecer o tipo e a filiação de uma aeronave — se ela pertence à Rússia ou a chamada coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o Daesh”, explicou Konashenkov.

    No dia 24 de novembro, um caça F-16 turco abateu um Su-24 russo com dois pilotos a bordo em espaço aéreo sírio. Na ocasião, Ancara alegou que a aeronave russa havia entrado no espaço aéreo da Turquia. Tanto o Estado Maior russo quando o Comando de Defesa Aérea da Síria confirmaram que o jato russo nunca esteve no espaço aéreo da Turquia.

    Em resposta à “punhalada nas costas” de Ancara, como foi descrito o incidente pelo Presidente Vladimir Putin, Moscou impôs uma série de sanções econômicas contra a Turquia.


    Mais:

    Turquia convoca embaixador russo para explicar violação de espaço aéreo
    Turquia invade espaço aéreo da Grécia com caças armados
    Síria fará queixa da Turquia no Conselho de Segurança da ONU por violação de espaço aéreo
    Rússia: avião Su-24 derrubado estava no espaço aéreo sírio
    Tags:
    propaganda, espaço aéreo, violação, Su-34, Ministério da Defesa (Rússia), Igor Konashenkov, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik