08:34 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    F-35A Lightning II fighter aircraft

    EUA testam caça de US$ 391 bilhões em solo

    © flickr.com/ US Air Force
    Defesa
    URL curta
    4257621049

    A Força Aérea americana foi forçada a continuar em solo os testes dos canhões de 20 milímetros do caça F-35A Lightning II, que ainda não está pronto para voar.

    O caça do projeto de US$ 391 bilhões, recheado de atrasos há três anos, ainda é considerado inseguro para voar pelos inspetores militares por isso teve de conduzir o teste de seus canhões em solo. 

    Os objetivos do teste incluíam conferir o mecanismo de operação e disparo da metralhadora de 20 milímetros. O F-35A foi projetado para ser invisível a radares, diferentemente do canhão projetado para a Marinha e os Fuzileiros Navais.

    “A parte traiçoeira do teste é que a metralhadora nunca funciona operacionalmente em solo. Para conduzir o teste, eles precisar usar softwares que fazer a aeronave pensar que está no ar”, explicou a Força Aérea em um comunicado distribuído à imprensa.

    O canhão também foi testado no ar a bordo de um Lockheed Martin AF-2. 

    Quando o projeto estiver completo, cada caça deve custar cerca de US$ 98 milhões — sem incluir o motor — e a produção deve começar em 2018.


    Mais:

    Imprensa britânica badala caça russo Yak-130
    FAB expõe maquete do novo caça brasileiro
    O caça russo PAK FA é capaz de neutralizar as tecnologias do tipo Stealth
    Caça russo Yak-130 seduz países da América Latina
    Tags:
    solo, teste, caça, F-35A, F-35, Força Aérea, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik