20:50 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Salen a la venta fusiles Kalashnikov 'made in USA'

    Fuzis Kalashnikov "made in USA" são colocados à venda

    © Foto / Kalashnikov USA
    Defesa
    URL curta
    1413
    Nos siga no

    A companhia de armas Kalashnikov USA, localizada na Pensilvânia, anunciou que colocou à venda os primeiros fuzis Kalashnikov AK-47 fabricados nos Estados Unidos, informa a agência UPI.

    "Nossos clientes ficarão felizes com a qualidade da produção americana e nosso novo desenho", afirmou o vice-presidente de vendas da Kalashnikov USA, Bill Silver.

    Segundo Silver, "a inovação americana propõe uma arma melhor a um melhor preço." No momento, os rifles estão à venda em lojas de artigos esportivos.

    Os fuzis são baseados no icônico AK-47 russo e no AK-74. A Russian Weapon Company foi a importadora e distribuidora oficial da arma antes das sanções impostas contra a Rússia em 2014. Após a implementação das medidas restritivas, a empresa mudou de nome para Kalashnikov USA e declarou que passaria a produzir a arma por conta própria, em solo americano.

    Os produtores russos do AK-47 declararam que não se opõem à decisão da empresa americana. Contudo, a filha de Mikhail Kalashnikov, inventor do rifle, criticou os planos anunciados e afirmou que "é uma confirmação de que o AK-47 segue sendo necessitado, mas por outro lado está claro que nossas armas devem continuar sendo nossas."

    O AK-47 é a arma de fogo mais conhecida do mundo. Segundo estimativas, um entre cada cinco fuzis no mundo são AK ou cópias.

    Durante os 65 desde a incorporação do AK-47 aos arsenais da antiga União Soviética, foram produzidos mais de 100 milhões de fuzis em todo mundo. Os exércitos de mais de 50 países estão equipados com Kalashnikovs.

    Mais:

    Kalashnikov mostra pistola nova na exposição Army 2015
    Rifles Kalashnikov: agora com acesso à Internet
    Kalashnikov já não depende do mercado norte-americano
    Grécia estuda possibilidade de produzir metralhadoras Kalashnikov
    Tags:
    venda, AK-74M, AK-47, Kalashnikov USA, Consórcio Kalashnikov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar