08:40 10 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1420
    Nos siga no

    O Departamento de Estado dos EUA aprovou, nesta terça-feira, uma venda militar para Austrália avaliada em US$ 1,5 bilhão. A companhia Boeing enviará ao país da Oceania caças dos tipos F/A-18E/F Super Hornet e EA-18G Growler.

    A Agência de Cooperação e Segurança de Defesa (DSCA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos observou que a venda ajudará a Austrália em sua capacidade de autodefesa e prontidão, assim como capacitará a Força Aérea Real Australiana com a confiabilidade e o desempenho dos F/A-18.

    "O Departamento de Estado aprovou a venda militar para a Austrália de caças F/A-18E/F Super Hornet e EA-18G Growler e equipamentos associados, peças e apoio logístico por um valor estimado em US$ 1,5 bilhão", diz o documento divulgado pela DSCA.

    O governo australiano procurava adquirir 24 Super Hornets e 12 Growlers com o apoio logístico e as devidas atualizações de software e hardware.

    "Esta venda vai contribuir para a política externa e a segurança nacional dos Estados Unidos ao ajudar na segurança de um importante contribuinte nas áreas de estabilidade política, segurança e desenvolvimento econômico no Sudeste da Ásia e ao redor do mundo", completa o comunicado da DSCA, que atua com o objetivo de desenvolver e executar soluções de cooperação de segurança inovadoras e que apoiem os Estados Unidos e seus parceiros interessados.

    Mais:

    Casa Branca: venda de mísseis russos S-300 ao Irã pode violar sanções americanas
    Rússia e Brasil continuam negociando a venda de sistemas de defesa Pantsir-S1
    EUA fecham venda de US$ 1 bilhão em armas ao Paquistão
    Tags:
    Defesa, militar, venda, caças, F-18, Growler, Super Hornet, Austrália, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar