10:53 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Armas e armadura de vikings (arquivo)

    Centenas de artefatos vikings são descobertos no norte da Rússia

    CC BY-SA 2.0 / Helgi Halldórsson / Viking Arms and Armor
    Cultura
    URL curta
    2220
    Nos siga no

    Arqueólogos trabalhando perto do assentamento de Gorozhane, na região russa de Pskov, descobriram mais de 350 artefatos da época em que os vikings percorriam a região, conforme revelou um dos membros da expedição Citizens-2019.

    "Está claro que haverá mais descobertas, já que o trabalho de campo continua. Entre os achados estão oito moedas Dirham árabes, assim como outros itens importados, em sua maior parte contas, armas, jóias e outros", disse ele. 

    ​Depois de ser descoberta em 2016, a reserva arqueológica perto de Gorozhane tornou-se uma importante fonte de interesse para os arqueólogos, com restos de casas e centenas de objetos feitos pelo homem, incluindo moedas imperiais bizantinas datadas de 920-944, pesos de escala, pontas de flecha, fechos de ferradura e dezenas de artefatos de vidro, pedra, barro, metais ferrosos e não ferrosos, encontrados no local ao longo dos anos. 

    Pesquisadores acreditam que o local, que remonta ao menos ao século X, serviu como um centro para uma rota comercial entre a Grécia e os varegues (o nome dado aos vikings pelos gregos e antigos povos rus). Todos os objetos antigos encontrados antes da escavação atual foram entregues ao centro arqueológico local, com estudantes de universidades da Rússia, Bielorrússia e Estônia convidados a participar das expedições com o apoio da Sociedade Histórica Russa. 

    ​Os vikings começaram a explorar terras que fazem parte dos Estados bálticos, Rússia, Bielorrússia e Ucrânia entre os séculos VI e IX, viajando a bordo de seus distintivos navios pelos mares Báltico, Negro e Cáspio e conquistando muitos assentamentos locais em meio a esforços para abrir rotas comerciais com os gregos e os impérios do Oriente Médio. Acredita-se que a maioria dos varangianos tenha assimilado as tribos eslavas locais em algum momento após o século XI. De acordo com a 'Crônica Primária' da Rus Kievana, publicada em Kiev em 1113, um líder varangiano chamado Rurik tornou-se governante (knyaz) da cidade de Veliky Novgorod em 860, com seus sucessores expandindo-se para o sul, até Kiev, e fundando o primeiro Estado eslavo oriental, conhecido como Rus Kievana.

    Mais:

    Armaduras, fogo e canto: assim vikings celebram festival anual na Escócia
    Pesquisadores revelam por que vikings chamavam a Groenlândia de 'Terra Verde'
    Arqueólogos encontram o mais antigo DNA de vikings em... 'chiclete' (FOTO)
    Tags:
    Rus, mar Negro, mar Cáspio, mar Báltico, Oriente Médio, países bálticos, Grécia, Ucrânia, Bielorrússia, Kiev, artefatos, arqueologia, descoberta, vikings, Pskov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar