08:40 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Ex-presidente brasileira, Dilma Rousseff, durante entrevista com Sputnik Brasil em Moscou, 6 de outubro de 2017

    Documentário sobre o impeachment de Dilma Rousseff é premiado no Festival de Berlim

    © Sputnik / Aleksei Kudenko
    Cultura
    URL curta
    1086435

    Dirigido pela cineasta Maria Augusta Ramos, o documentário brasileiro 'O Processo' foi um dos premiados neste sábado no 68o Festival de Cinema de Berlim. O trabalho trata do impeachment de Dilma Rousseff (PT), em 2016.

    O filme brasileiro ficou em terceiro lugar na preferência do público entre os documentários na Panorama, a principal mostra paralela do festival alemão. O vencedor foi 'The silence of others' ('O silêncio dos outros', em tradução livre), coprodução entre americanos e espanhóis dirigida por Almudena Carracedo e Robert Bahar.

    O documentário, que remonta os bastidores do afastamento de Dilma da Presidência da República, em agosto de 2016, com entrevistas e cenas das mobilizações a favor e contra o impeachment da petista. O filme defende que houve motivação política para a retirada de Dilma do poder.

    'O Processo' fez a sua estreia mundial no último dia 21, justamente no Festival de Berlim, e acabou ovacionado. Antes e após o filme, muito gritos de 'Fora Temer' foram ecoados por parte do público presente. O documentário deve estrear no Brasil em junho.

    Além deste documentário, o Brasil estava representado por outro dois na mostra paralela: 'Ex-pajé', de Luiz Bolognesi, e 'Bixa travesti', de Kiko Goifman e Claudia Priscila. Este último conquistou o troféu Teddy, concedido por um júri independente ao melhor filme de temática LGBT.

    Já a produção gaúcha 'Tinta bruta', de Marcio Reolon e Filipe Matzenbacher, levou uma estatueta da categoria ficção.

    Outro brasileiro premiado em Berlim foi o diretor cearense Karim Aïnouz, pelo documentário 'Aeroporto Central', que trata de um abrigo de refugiados instalado dentro do antigo aeroporto alemão de Tempelholf, construído na era nazista. O filme levou o prêmio na Anistia Internacional, voltado a trabalhos sobre direitos humanos.

    Mais:

    Senador se arrepende por impeachment e chama governo Temer de 'quadrilha' (VÍDEO)
    Lula compara Moro a 'czar' e culpa Cunha e elite por impeachment e corrupção (VÍDEO)
    Não há hipótese de anulação do impeachment de Dilma, diz Temer (VÍDEO)
    Tags:
    Fora Temer, impeachment, documentário, O Processo, Festival de Cinema de Berlim, Maria Augusta Ramos, Dilma Rousseff, Berlim, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik