21:16 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    6122
    Nos siga no

    O presidente russo felicitou os judeus da Rússia pela festa de Pessach, que neste ano começou com o pôr do sol de 22 de abril, e destacou o papel importante das organizações judaicas no fortalecimento da compreensão entre os povos de diferentes etnias e religiões no país.

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, parabenizou os cidadãos russos de origem judaica, observando que as suas organizações contribuem para a paz e harmonia na sociedade, informa o serviço de imprensa do Kremlin.

    "Pessach — é uma festa antiga e a mais venerada entre os adeptos do judaísmo. As suas fontes remontam a um evento muito importante na história bíblica: a libertação do povo judeu da escravidão multissecular", se diz na mensagem de felicitações.

    Putin notou que os judeus russos respeitam as tradições e costumes seculares e as passam cuidadosamente de geração em geração. Na sua opinião, hoje a vida da comunidade judaica do país é bastante rica do ponto de vista religioso e cultural.

    "São criados novos centros religiosos, centros de instrução, centros culturais, os contatos internacionais são ampliados. E, é claro, as organizações judaicas prestam muita atenção às questões de manutenção de paz e harmonia na nossa sociedade, de melhoramento do entendimento entre as pessoas de diferentes etnias e religiões".

    Pessach, a Páscoa judaica, é a festa mais antiga do povo judeu. É dedicada ao evento mais significativo da história bíblica, considerado como início da história do povo judeu — o Êxodo do Egito e a libertação do povo de 400 anos de escravidão. Todo o sistema do judaísmo é baseado na memória do Êxodo e nos eventos seguintes, à obtenção da Terra Prometida e à construção do seu próprio Estado independente.

    Mais:

    Quase 50% dos judeus de Israel querem que os árabes sejam expulsos do país
    Comunidade judaica combate proliferação de células nazistas na Internet brasileira
    Tags:
    judeu, Pessach, Páscoa, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar