02:01 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2141
    Nos siga no

    Pesquisadores da ilha de Creta, na Grécia, identificaram pegadas deixadas por humanos pré-históricos que datam de pelo menos seis milhões de anos.

    Uma equipe internacional de cientistas liderada pela Universidade de Tubingen (Alemanha), encontrou pegadas em sedimentos de praia fossilizados perto da localidade de Trachilos, na ilha de Creta, em 2017, mas a sua datação foi agora divulgada.

    Em um estudo publicado na revista Scientific Reports, os cientistas indicam ter utilizado técnicas geofísicas e micropaleontológicas, revelando que as pegadas têm cerca de 6,05 milhões de anos, o que as torna a mais antiga evidência direta de um pé semelhante ao humano, com a função locomotora.

    É estimado que pegadas descobertas em Trachilos, na ilha grega de Creta, tenham mais de seis milhões de anos
    É estimado que pegadas descobertas em Trachilos, na ilha grega de Creta, tenham mais de seis milhões de anos
    Uwe Kirscher, do Centro Senckenberg para a Evolução Humana e Paleoambiente da Universidade de Tubingen, disse que "as pegadas são quase 2,5 milhões de anos mais antigas do que as atribuídas à Australopithecus afarensis [Lucy] de Lae-toli, na Tanzânia".

    Tamanha descoberta coloca as pegadas de Trachilos aproximadamente na mesma idade que os fósseis do pé direito de Orrorin tugenensis, encontrados no Quênia.

    As pegadas achadas em Creta podem, deste modo, fornecer novos conhecimentos sobre a evolução inicial da locomoção humana.

    Mais:

    Descobertas possíveis pegadas dos primeiros humanos na América (FOTOS)
    Descobrem na Turquia misteriosas esculturas humanas 3D de 11 mil anos (FOTOS)
    Fósseis de possível Titanossauro são encontrados em rodovia no interior de São Paulo (FOTOS)
    Tags:
    Grécia, ilhas, Creta, humano, pegada, paleontologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar