23:35 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    O Telescópio Espacial Hubble captou uma colisão cósmica entre duas galáxias espirais no sistema Arp 91.

    A imagem apresenta duas galáxias interligadas. Esta delicada "dança galáctica" ocorre a mais de 100 milhões de anos-luz da Terra.

    A galáxia inferior, que na imagem surge como um ponto brilhante, é a NGC 5953, enquanto a galáxia oval, localizada no canto superior direito, é a NGC 5954.

    De acordo com a NASA, ambas as galáxias são do tipo espiral, mas suas formas parecem muito diferentes por estarem orientadas de forma diversa em relação à Terra.

    O Telescópio Espacial Hubble captou uma colisão cósmica entre duas galáxias espirais no sistema Arp 91
    © Foto / ESA/Hubble & NASA, J. Dalcanton / agradecimento: J. Schmidt
    O Telescópio Espacial Hubble captou uma colisão cósmica entre duas galáxias espirais no sistema Arp 91

    A NGC 5954 está claramente sendo puxada em direção à NGC 5953, parecendo estender um braço espiral para baixo.

    "A imensa atração gravitacional das duas galáxias é que está causando a interação entre elas [...] Essas interações gravitacionais entre as galáxias são comuns, são parte importante da evolução galáctica", afirmou.

    Os astrônomos acreditam que as colisões entre as galáxias espirais dão origem a formação de outro tipo de galáxias, conhecidas como galáxias elípticas.

    Estas colisões são massivas e extremamente energéticas, contudo, acontecem em escalas de tempo diferentes do tempo de vida humano, ocorrendo ao longo de centenas de milhões de anos.

    Mais:

    Astrônomos capturam IMAGENS de 'fogos de artifício' de galáxias próximas
    Telescópio Hubble capta FOTO de duas galáxias em aglomerado gigante a 350 milhões anos-luz da Terra
    FOTO do Chandra da NASA mostra resultado após confronto de 2 aglomerados de galáxias
    Tags:
    hubble, telescópio, galáxia, galáxias, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar