19:00 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    Equipe de arqueólogos descobriu em Israel um lagar, uma rara moeda de ouro e outros artefatos ligados a um assentamento que remonta a 1.500 anos, localizado no que atualmente é o subúrbio Ramat Ha-Sharon, perto de Tel Aviv.

    Entre os artefatos desenterrados, os pesquisadores descobriram um grande lagar de vinho pavimentado com um mosaico, instalações revestidas com argamassa e as fundações de uma grande estrutura, possivelmente um armazém ou uma fazenda, aponta portal i24News.

    "As escavações revelaram evidências de atividade agroindustrial no local durante o período bizantino – cerca de 1.500 anos atrás", explicou Yoav Arbel diretor das escavações, em comunicado divulgado pela Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA, na sigla em inglês).

    "Dentro dos prédios e instalações encontramos muitos fragmentos de jarros de armazenamento e recipientes de cozinha que eram evidentemente utilizados por pessoas que trabalhavam nos campos", acrescentou.

    Um dos achados mais raros e inesperados encontrados nas escavações foi uma moeda de ouro cunhada entre em 638 ou 639 d.C. pelo imperador bizantino Heráclio que retrata o imperador com seus dois filhos. A face oposta da moeda mostra uma cruz na colina Gólgota, o local onde, segundo a tradição cristã, Jesus foi crucificado.

    Um detalhe interessante da moeda é uma inscrição em grego e possivelmente árabe. De acordo com Robert Cole, especialista em moedas da IAA, a inscrição marca o nome do seu proprietário já que era muito valiosa.

    "A moeda conserva dados fascinantes sobre o declínio do domínio bizantino no país e os acontecimentos históricos contemporâneos, como a invasão persa e o surgimento do Islã, e fornece informações sobre o simbolismo cristão e pagão e a população local que viveu aqui", disse em comunicado Robert Cole.

    Os arqueólogos supõem que o local teria sido usado até o século XI d.C.

    Mais:

    Descobrem na Itália artefatos de osso de 400 mil anos feitos por espécie humana desconhecida (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem no Egito vestígios de subúrbio residencial e comercial de Alexandria (FOTOS)
    Cerimônia antiga pode revelar mistérios de Manuscritos do Mar Morto, aponta estudo
    Tags:
    arqueologia, artefatos, Israel, sítio arqueológico, Jesus Cristo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar