20:11 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1161
    Nos siga no

    Um acampamento militar romano, encontrado em Lomba do Mouro, foi apresentado por um pesquisador como o maior e mais antigo de Portugal e Galiza.

    O acampamento no planalto de Castro Laboreiro, Melgaço, foi alvo de intervenção arqueológica em setembro de 2020, sendo apresentado nesta terça-feira (29) por um pesquisador como o maior e mais antigo de Portugal e Galiza, segundo o portal Sci-news.

    "Os resultados da datação da muralha do recinto apontam a sua fundação no século II antes de Cristo que coincide, também, com a famosa expedição do Décimo Júnio Bruto [general e político romano] que passou o rio Lima e chegou até ao rio Minho", afirmou João Fonte, pesquisador do grupo científico Romanarmy.eu.

    A descoberta ocorreu através de tecnologias de análise de dados de solos, utilizadas em uma área superior a 20 hectares.

    "[O acampamento] foi erguido durante a movimentação de um grande contingente de tropas romanas, de aproximadamente 10.000 soldados, que cruzou a Sierra del Leboreiro e a ergueu como fortificação temporária", afirmou João Fonte.

    A equipe arqueológica confirmou a existência de duas linhas de parede de pedra, incluindo elementos singulares, como pedras construídas ou cavalos frísios, um sistema para impedir o avanço da cavalaria ou das tropas do exército inimigo.

    O acampamento, localizado em "uma zona de especial concentração de sepulturas megalíticas", foi descoberto através da tecnologia LiDAR fornecida pelo projeto espanhol PNOA.

    Mais:

    Arqueólogos descobrem restos de 9 neandertais em caverna perto de Roma (FOTOS, VÍDEO)
    Ao procurar por antiga vila, arqueólogos britânicos encontram suposto assentamento romano (FOTOS)
    'Único': arqueólogos encontram restos mortais de mulher de 2 mil anos em cama de madeira (FOTO)
    Tags:
    arqueologia, descoberta, Portugal, Império Romano, acampamento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar