22:03 10 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 102
    Nos siga no

    Um grupo de caçadores de tesouros acredita ter encontrado na Polônia pistas do esconderijo de cerca de 10 toneladas de ouro pertencentes a Adolf Hitler, no valor de cerca de US$ 700 milhões (R$ 3, 805 bilhões).

    Agora a equipe se prepara para realizar escavações em um palácio polonês usado pelos nazistas como bordel no final da Segunda Guerra Mundial, escreve o tabloide britânico Daily Mail.

    Após analisar várias cartas de oficiais das SS (organização paramilitar ligada ao partido nazista), os pesquisadores, que fazem parte da fundação polonesa-alemã Silesian Bridge, descobriram indícios de que o tesouro, composto por 48 caixas com ouro e joias, estaria escondido em um palácio do século XVIII localizado no povoado de Minkowski, no sul da Polônia.

    De acordo com os documentos, os objetos foram roubados por ordem do chefe das SS, Heinrich Himmler, no final do conflito bélico.

    Alega-se que o oficial utilizou o palácio como bordel e que, ante o avanço do Exército Vermelho em 1945, os nazistas tiveram que improvisar para salvar os objetos da elite e do Banco Central da Alemanha da época.

    ​A fundação Silesian Bridge está liderando a caça [ao tesouro].

    Um dos oficiais envolvidos na ocultação do tesouro foi identificado como von Stein, já que tinha o costume de ficar no palácio porque tinha lá uma amante.

    A equipe descobriu uma carta de von Stein a uma das moças do estabelecimento chamada Inge, na qual lhe dava instruções para o ajudar a "cumprir a missão".

    "Alguns transportes foram bem sucedidos. Tenho a honra de lhe confiar os restantes 48 baús pesados do Reichsbank e todos os baús de família. Só você sabe onde eles estão localizados. Que Deus a ajude e me ajude a cumprir a minha missão", revela a carta.

    Os especialistas da fundação Silesian Bridge pensam que Inge foi a pessoa designada pelo oficial nazista para vigiar o esconderijo. "Ninguém acreditava então que a região ficaria sob o controle da União Soviética", disse Roman Furmaniak, diretor da fundação.

    Mais:

    Tesouro alemão revela segredo de guerreiros vencedores de duelos na Idade do Ferro (FOTOS)
    Tesouro romano do século III escondido durante invasão bárbara é descoberto na Bulgária (FOTO)
    Olhe por onde anda! Cartógrafo acha raro tesouro de 2.500 anos ao tropeçar nele na Suécia (FOTOS)
    Tags:
    Segunda Guerra Mundial, Polônia, ouro, Adolf Hitler, nazistas, tesouro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar