19:37 08 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    1381
    Nos siga no

    O médico infectologista Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA, um dos maiores especialistas na área da infectologia, disse neste sábado (6) que os dados da vacina russa Sputnik V "parecem muito bons".

    A declaração foi dada por Fauci durante uma entrevista ao canal grego Skai.

    "Os dados que vi da Sputnik V parecem muito bons. Não tenho tanta informação dos chineses, porque os chineses têm duas ou três vacinas diferentes, então não acompanhei com atenção a eficácia relativa delas, mas os dados que vi da russa parecem muito bons", afirmou Fauci.

    Questionado sobre os efeitos colaterais das vacinas em uso nos Estados Unidos, da Pfizer e Moderna, Fauci disse que o nível de suas preocupações era "mínimo".

    De acordo com o especialista, ambas as vacinas de mRNA demonstraram eficácia de 94% a 95% em testes nos Estados Unidos, enquanto "a reatogenicidade foi mínima".

    Os sintomas pós-vacinação, como calafrios e fadiga, desapareceram em 24 horas após a injeção na maioria das pessoas, segundo Fauci.

    A Sputnik V é agora a segunda vacina contra COVID-19 mais importada do mundo, depois da AstraZeneca. Os imunizantes fabricados pela Pfizer e pela Moderna são a terceiro e o quarto, respectivamente.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    Maior autoridade sobre COVID-19 nos EUA alerta: vem aí a 4ª onda da pandemia no país
    OMS cobra medidas 'agressivas' do Brasil contra a COVID-19
    Brasil tem mais de 1,7 mil mortes e 75 mil novos casos de COVID-19
    Por que homens se infectam com COVID-19 mais frequentemente? Médico revela fator determinante
    Melhores fotos da semana em que população carioca enfrenta novas medidas de contenção da COVID-19
    Tags:
    pandemia, Rússia, imunização, imunizante, vacinação, vacina, Sputnik V, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar