22:15 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 130
    Nos siga no

    Um dos mais raros fósseis no mundo pode ter sido descoberto entre as rochas de Bhimbetka, local Patrimônio Mundial da Unesco na Índia.

    Os pesquisadores acreditam ter encontrado o primeiro fóssil na Índia de um enigmático organismo ediacarano, conhecido como Dickinsonia e considerado o "animal mais antigo do mundo", datado de 570 milhões de anos, nos Abrigos na Rocha de Bhimbetka.

    De acordo com o jornal Times of India, estes fósseis podem ter mais de um metro de comprimento, contudo, o recém-descoberto possui meio metro.

    ​Fóssil do "animal mais antigo do mundo" é encontrado em Madhya Pradesh.

    O fóssil semelhante a uma folha foi descoberto por especialistas do Serviço Geológico da Índia a mais de três metros de altura, podendo ser confundido com arte rupestre pelas pessoas comuns.

    Este tipo de fóssil geralmente é preservado como impressão negativa nas bases de leitos de arenito.

    Os Abrigos na Rocha de Bhimbetka foram encontrados há 64 anos, desde então muitos pesquisadores têm visitado o local.

    Mais:

    Arqueólogos revelam cruz 'sobrevivente' da Era Viking encontrada no Reino Unido (FOTO)
    Oficina de lamparinas de 1.700 anos resolve mistério arqueológico em Israel (FOTOS)
    Arqueólogos do Reino Unido descobrem características de um dos primeiros dinossauros (FOTO)
    Tags:
    Índia, microrganismos, animal, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar