08:55 13 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Escavações realizadas na cidade de Hull, uma cidade no litoral nordeste da Inglaterra, revelaram vestígios de uma prisão do século XVIII.

    O objetivo dos trabalhos arqueológicos na região era exumar 19 mil esqueletos do local, o qual antes era um cemitério, para que melhorias na estrada que percorre a região fossem realizadas, segundo a Highways Industry. 

    Durantes a escavação, partes do presídio New Gaol de Hull, que foi ocupado por mais de 40 anos desde 1.785, foram encontradas.

    O edifício apresentava seis grandes salas e 13 celas individuais. A prisão era usada para manter as pessoas que aguardavam julgamento e as que aguardavam transferência para colônias penais, como a Austrália.

    • Artefato descoberto durante escavações em Hull
      Artefato descoberto durante escavações em Hull
      © Foto / Highways England
    • Tendas foram montadas em cemitério, que foi usado entre 1783 e 1861
      Tendas foram montadas em cemitério, que foi usado entre 1783 e 1861
      © Foto / Highways England
    • Troncos supostamente danificados durante a Segunda Guerra Mundial são descobertos
      Troncos supostamente danificados durante a Segunda Guerra Mundial são descobertos
      © Foto / Highways England
    1 / 3
    © Foto / Highways England
    Artefato descoberto durante escavações em Hull

    Outra revelação foi um ponto no local, que supostamente era um depósito, e teria sido atingido por uma bomba da Segunda Guerra Mundial, já que foram encontrados troncos de madeiras danificados por fogo.

    Além disso, também foram encontrados indícios de um assentamento durante a Idade Média, como uma tigela de cachimbo de argila bem detalhada e de peças de dominó feitas de osso.

    Mais:

    Egito revela tumba faraônica com diversos artefatos arqueológicos (FOTOS)
    Arqueólogos encontram no Egito mais 80 sarcófagos coloridos e lacrados de 2.500 anos (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem raro altar com figura de serpente de cerca de 2.000 anos na Turquia (FOTO)
    Tags:
    Reino Unido, escavação, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar