22:34 07 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Há três mil anos, quando os israelitas chegaram do Egito à Terra de Israel, podem ter surgido os primeiros exemplos de fraude financeira em forma de moeda primitiva, segundo pesquisadores.

    De acordo com estudo citado pelo jornal The Times of Israel, a moeda primitiva foi encontrada no sudeste de Levante, com data entre os períodos de 1.200 a 950 a.C., época na qual os israelitas teriam chegado à região. O estudo foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Haifa e da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel.

    Na ocasião, eles dispunham apenas de pequenas quantidades de prata, altas quantidades de cobre, e uma quantidade significativa de outros materiais. Sendo assim, esses materiais eram misturados para fazer com que as moedas se parecessem com moedas de prata.

    "Apesar da pequena porcentagem de prata nos talheres, ela foi misturada à outras substâncias como o arsênio, que fazia parecer como prata, reforçando a hipótese de que ao menos em uma parte do período houve falsificação deliberada", afirmaram os pesquisadores.

    Os pesquisadores afirmaram que os fragmentos do período não eram uniformes. As peças de prata foram cortadas para especificações de peso que era baseado no valor de uma mercadoria.

    • Prata usada para suposta confecção de moedas falsas
      Prata usada para suposta confecção de moedas falsas
      © Foto / Clara Amit / Autoridade de Antiguidades de Israel
    • Fragmentos de prata usados na confecção de moedas falsas
      Fragmentos de prata usados na confecção de moedas falsas
      © Foto / Clara Amit / Autoridade de Antiguidades de Israel
    • Bronze misturado com prata para confecção de moedas
      Bronze misturado com prata para confecção de moedas
      © Foto / Yael Yelovitz / Autoridade de Antiguidades de Israel
    1 / 3
    © Foto / Clara Amit / Autoridade de Antiguidades de Israel
    Prata usada para suposta confecção de moedas falsas

    Uma análise química dos fragmentos de moedas datadas antes de 1.900 a.C., apontou a presença de uma alta porcentagem de cobre, cerca de 80%, com arsênio adicionado para dar brilho semelhante ao da prata real.

    Os pesquisadores estimam que o rompimento das rotas comerciais da Turquia, Grécia, Irã, Sardenha e Espanha, provocou a escassez de prata na região de 1.200 a 950 a.C., o que teria contribuído para a "fraude".

    Mais:

    Estudo diz que 'pregos usados para crucificar Jesus' são autênticos por conterem osso e madeira
    Metalúrgica de cobre de 6.500 anos é encontrada em Israel (FOTOS)
    Jarros e objetos inteiros de argila mais antigos que Jesus Cristo são achados em Israel (FOTOS)
    Tags:
    Israel, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta, moedas, moeda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar