15:34 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    A localização do convento, fundado em 1200 e um dos mais importantes do condado, era desconhecida até agora.

    A descoberta do Convento dos Carmelitas Whitefriars aconteceu após a demolição de um estacionamento de diversos andares na cidade de Gloucester, conforme o portal Punchline. 

    Depois de o edifício ser demolido, os arqueólogos iniciaram os trabalhos de escavação no local, pois suspeitavam que o convento Whitefriars pudesse estar debaixo do terreno.

    O local foi fundado por monges por volta de 1200 (século XIII), contudo, não se conhecia a sua localização exata, que era um grande mistério para os historiadores.

    ​Convento de Whitefriars é descoberto nas preparações do Fórum.

    O antigo estacionamento e a estação de ônibus adjacente há muito tempo que eram suspeitos de ser o local do convento.

    "É emocionante revelar a localização exata deste convento perdido há muito tempo [...] Ver e documentar este local servirá para sublinhar e reconhecer o lugar do convento na história da cidade", afirmou Andrew Armstrong, arqueólogo da equipe de escavação.

    Os arqueólogos também encontraram um piso de argila, cerâmica e argamassa, além de um ralo antigo. Whitefriars era um dos cinco conventos importantes da Gloucester medieval.

    De acordo com Armstrong, o convento teve um "papel ativo" na cidade por 300 anos, tendo formado alguns religiosos relevantes, como Nicholas Cantelow, no século XV.

    Mais:

    Estátua gótica medieval de Virgem Maria é achada por pescador em rio da Espanha (FOTOS)
    De volta ao passado: Itália deverá drenar vilarejo medieval mergulhado em represa (FOTOS)
    Fortaleza quadrada: raríssimo castelo medieval é 'por sorte' achado nos Países Baixos (FOTO)
    Tags:
    Reino Unido, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar