06:33 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Arqueólogos russos encontraram novas evidências da presença de neandertais no sul da Sibéria.

    Na caverna de Chagyr, na região russa do Altai, foram encontrados ferramentas de osso e dois dentes, que terão o material genético analisado por cientistas, afirma o Fundo Científico da Rússia, que financiou a pesquisa.

    Desde 2007 que são realizadas escavações na caverna de Chagyr, monumento do período paleolítico, onde foram encontrados uma série de artefatos e vestígios dos neandertais que a habitaram entre 60 mil e 50 mil anos atrás.

    Na nova temporada de escavações, na caverna foram encontrados utensílios feitos de osso, facas de pedra, úteis para cortar carne e caçar animais, e dois dentes.

    "Até este momento, por duas temporadas não nos deparamos com nenhuns restos mortais dos neandertais, portanto, estes dois dentes são para nós uma festa", afirmou a líder da pesquisa Ksenia Kolobova, diretora do Instituto de Arqueologia e Etnografia da filial siberiana da Academia de Ciências da Rússia.

    Enquanto a descoberta de instrumentos e evidências das atividades dos antigos seres humanos é algo comum, os fragmentos de ossos e dentes humanos são raros e valiosos.

    "Estas descobertas são muito importantes para reconstruir a história do povoamento da região. Cada dente pode potencialmente ser usado para pesquisas genéticas, para a análise de isótopos estáveis, que nos ajudam a compreender sua dieta e outros aspectos", comenta Kolobova.

    Com a ajuda destas análises os cientistas esperam determinar o parentesco dos habitantes desta caverna em relação a outros antigos representantes do subgrupo Homo. "Esperamos que estudos posteriores nos revelem laços de parentesco entre os neandertais", acredita a arqueóloga.

    Estudos anteriores demonstraram que os neandertais chegaram da Europa e se fixaram na região. No local, não existem outras evidências de que tenham continuado seu caminho para o leste do continente euroasiático.

    Mais:

    Vala comum de casal guerreiro, bebê e serva de 2.500 anos é descoberta na Sibéria (FOTOS)
    Dente de criança neandertal que viveu há 48 mil anos é encontrado na Itália (FOTO)
    Sibéria foi grande centro da civilização na antiguidade, explica pesquisa (FOTO)
    Tags:
    neanderthal, Altai, osso, dente, pesquisa, Sibéria, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar