05:36 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    No Irã, arqueólogos desenterraram parte do antigo templo de fogo, que, segundo pesquisas, durante algum tempo serviu como masmorra para o famoso Avicena.

    Segundo o jornal Teheran Times, a descoberta foi realizada durante escavações arqueológicas no vilarejo Fardeqan, na província de Markazi, na região central do país persa.

    No mesmo vilarejo, foram descobertas anteriormente ruínas de um edifício religioso. Arqueólogos sugeriram corresponder a um templo de fogo. Durante a última temporada de escavações, limparam a segunda parte do santuário.

    "O plano arquitetônico do templo de fogo foi feito em forma de Chartaqi [elemento proeminente da arquitetura iraniana]. Segundo uma série de estudos e comparações, o templo de fogo encontrado deve ser o mesmo templo mencionado em documentos históricos como lugar onde Avicena foi exilado e encarcerado por um tempo", declarou o líder da escavação Mohsen Karimi.

    Segundo o arqueólogo, o templo, usado como masmorra, teve entre seus prisioneiros o próprio Avicena, o mais importante filósofo na tradição islâmica e o filósofo mais influente da era pré-moderna.

    Exemplo de Chartaqi no Irã
    Exemplo de Chartaqi no Irã

    O lendário personagem é conhecido como Avicena no Ocidente. No Oriente, é mais conhecido como Avicena. Nasceu em Afshana, no atual Uzbequistão, no ano de 980, e morreu em Hamadan, no atual Irã, em 1037. Avicena foi o médico de diversas cortes da época.

    O espectro de suas pesquisas foi amplo. Durante sua vida, Avicena escreveu mais de 450 obras em 29 campos da ciência. Porém, somente metade de suas obras sobreviveu até os dias de hoje. Apesar de enorme influência e popularidade, Avicena teve que suportar exílio e prisão.

    Mais:

    Obra de Newton perdida é descoberta por acaso em biblioteca francesa (FOTO)
    Descobertos na França 3 enormes túmulos circulares de quase 4.000 anos (FOTOS)
    Descoberta de túmulo bizarro oferece pistas para a vida pré-islâmica no Irã (FOTO)
    Tags:
    medicina, história, prisão, Irã, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar