05:18 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 410
    Nos siga no

    Após muito trabalho, os arqueólogos desvendaram o mistério em torno de um pote chinês de dois mil anos, revelando o que era o líquido encontrado dentro do artefato.

    Durante escavações na cidade de Sanmenxia, no centro da China, os arqueólogos encontraram um recipiente de bronze, com gargalo em forma de cisne, contendo mais de três litros de um misterioso líquido.

    Na ocasião, a descoberta intrigou os pesquisadores com o enigmático líquido turvo de cor marrom em seu interior, conforme o The People's Daily.

    Entretanto, após meses de análises, os especialistas concluíram que o líquido era na verdade álcool semelhante a um licor medicinal registrado em um antigo livro de medicina, descoberto nas tumbas de Mawangdui e possivelmente escrito durante a Dinastia Han.

    "Um pote de bronze como este é raramente visto. O relatório da análise da amostra indica que o pote foi usado para armazenar álcool", afirmou Zheng Lichao, diretor do Instituto de Relíquias Culturais e Arqueologia de Sanmenxia.

    Os testes com o líquido continuarão sendo realizados para obter mais informações sobre a matéria-prima utilizada em sua produção, segundo Yang Yimin, professor do Departamento de Arqueologia e Antropologia da universidade chinesa responsável pela pesquisa.

    Mais:

    Descoberta camurça congelada de 400 anos que pode ajudar a entender melhor 'múmias de gelo' (FOTOS)
    Restos de macaco de 6,4 milhões de anos são descobertos na China (FOTOS)
    Sarcófagos intactos e selados de 2.500 anos são descobertos no Egito (FOTOS)
    Tags:
    estudo, China, arqueologia, arqueólogos, arqueólogo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar