19:43 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2130
    Nos siga no

    O telescópio Hubble, que em breve deverá ser substituído pela NASA, fez uma nova descoberta, encontrando uma galáxia com aspecto diferente de grande parte de todas as conhecidas.

    O Telescópio Espacial Hubble da NASA, a agência espacial norte-americana, capturou uma galáxia única, chamada NGC 2775, a uma distância de 67 milhões de anos-luz.

    A maior parte das galáxias, incluindo a Via Láctea, tem braços mais angulados e distintos, em que as estrelas e o gás são comprimidos. No entanto, a NGC 2775 tem uma forma mais redonda, com uma "protuberância relativamente vazia e clara no centro da galáxia", escreve o jornal Business Insider.

    "Quando era mais jovem, a região no meio da galáxia estava provavelmente explodindo com a atividade, à medida que o gás se condensava em estrelas recém-nascidas. Agora, no entanto, todo o gás parece estar esgotado", comenta o jornal.

    Como resultado, a galáxia parece estar formando poucas estrelas agora.

    As imagens fornecidas pelo telescópio Hubble, o mais poderoso da NASA, têm sido importantes para o desenvolvimento da astronomia desde que foi implantado em 1990, particularmente na área dos buracos negros.

    Com uma potência ainda maior, o novo Telescópio Espacial James Webb, também desenvolvido pela agência espacial norte-americana, deve fortalecer ainda mais nosso conhecimento espacial, tendo uma data de lançamento planejada para 30 de março de 2021.

    Mais:

    Hubble tira FOTO de galáxia mostrando fenômeno de 'engarrafamento' espacial
    Suposta maior galáxia do Universo é encontrada pelo telescópio Hubble (FOTO)
    Coração luminoso de galáxia espiral é fotografado pelo Hubble (FOTO)
    Tags:
    James Webb, NASA, Hubble
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar