03:03 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Países Baixos não são conhecidos por ser uma nação potencialmente rica em vestígios arqueológicos. Contudo, existem inúmeros locais de interesse medieval, como poços sagrados anglo-saxões e igrejas.

    Por essa razão, a recente descoberta de um antigo castelo holandês, que é o mais antigo do seu gênero, entusiasmou toda a comunidade, e não só a científica.

    Segundo noticiou o jornal holandês NH NIEUWS, a fortaleza foi descoberta em terrenos próximo ao castelo Oud Haerlem em Heemskerk, Países Baixos, durante um levantamento geofísico realizado de maio a junho de 2020.

    Mais antigo castelo quadrado holandês

    A arqueóloga que o identificou, Nancy de Jong, afirmou ao jornal que "não podia acreditar na sua sorte" depois de fazer esta descoberta excepcionalmente rara.

    O castelo de Oud Haerlem – em cujas imediações foi detectado a nova fortificação – foi construído em 1248 d.C. e destruído logo em 1351 d.C. em resultado da longa guerra travada por causa do título de Conde da Holanda que durou 140 anos.

    ​Um raro e antigo castelo holandês foi descoberto nos Países Baixos

    Oud Haerlem foi descoberto na década de 1930 graças à arqueologia aérea, que estuda e interpreta imagens obtidas por avião, balão, satélite ou outros veículos voadores com o objetivo de descobrir ou delimitar potenciais sítios arqueológicos.

    Em 2016, uma série de elevações irregulares foram observadas no prado que circundava o antigo castelo de Oud Haerlem. Quando arqueólogos as examinaram, não se deram conta de que estavam a poucos metros de um segundo castelo, enterrado, o mesmo que seria recentemente descoberto pela arqueóloga Nancy de Jong e sua equipe.

    "Sabíamos que havia um muro, uma espécie de muralha da cidade, ao redor do local, mas não sabíamos ainda o que podia ser [concretamente] encontrado lá dentro", afirmou Jong, que não escondeu a sua satisfação.

    "Não é todo dia que se encontra um castelo nos Países Baixos!", exclamou a arqueóloga.

    O recém-descoberto castelo holandês data de 1250 d.C. e pesquisas preliminares determinaram que foi destruído cerca de um século depois.

    Como o local não chegou a ser usado na agricultura, os restos do castelo estão bem preservados. Segundo Nancy de Jong, "este castelo nos lembra [aquela] ideia clássica de um castelo com torres".

    Parte de uma fortaleza

    Formando um quadrado de 45 metros por 45 metros e consistindo em vários quartos e edifícios, o novo castelo era uma fortaleza defensiva que protegia o castelo principal, o de Oud Haerlem, situado atrás dele. No novo castelo ficavam os estábulos e dormitórios para serviçais.

    Até agora, arqueólogos nos Países Baixos sempre pensaram que a construção de castelos quadrados somente tinha se iniciado depois de 1280 d.C., mas este recém-descoberto data de 1250 d.C., fazendo assim dele o mais antigo tipo de castelo quadrado e torre dos Países Baixos.

    Para ilustrar ainda mais a vida na antiga fortaleza, está sendo realizado atualmente um levantamento não intrusivo do solo.

    A equipe de arqueólogos só conseguiu escanear cerca de metade deste sítio arqueológico de 90 mil metros quadrados, estando o início das escavações ainda incerto.

    O castelo, considerado por Nancy de Jong "realmente espetacular e muito bonito", poderia um dia se tornar um destino turístico popular para os fãs da era medieval.

    Mais:

    Cápsula do tempo mais antiga da Europa é achada por acaso em igreja polonesa (FOTOS, VÍDEO)
    'Descoberta do século': arqueólogos desenterram no Japão muralha de castelo do século XVI (FOTOS)
    Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo (FOTOS)
    Tags:
    castelo, Países Baixos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar