18:10 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Entre as novas imagens térmicas de Fobos captadas pelo orbitador Mars Odyssey se destaca uma obtida durante o eclipse solar, momento em que o satélite registrou uma temperatura de -123 graus Celsius.

    Novas imagens térmicas captadas pelo orbitador Mars Odyssey da NASA apresentam a Fobos, a maior das duas luas marcianas, em diferentes cores.

    As imagens, que foram obtidas pela câmera infravermelha do orbitador, o Sistema de Imagens de Emissão Térmica (THEMIS, na sigla em inglês), fornecem informação sobre a composição e as propriedades físicas da lua, segundo comunica a NASA.

    1 / 3
    Seis vistas do satélite marciano Fobos

    Em determinadas situações, a lua surge envolta de sombras, enquanto em outras é vista completamente pela luz solar.

    No dia 25 de fevereiro, Fobos foi observada durante um eclipse lunar, com Marte bloqueando completamente a luz solar, o que gerou no satélite baixas temperaturas, jamais registradas pelos pesquisadores.

    "Estas observações também estão ajudando a caracterizar a composição de Fobos. As futuras observações fornecerão uma imagem mais completa das temperaturas extremas na superfície da Lua", indicou Christopher Edwards, da Universidade do Norte do Arizona.

    Mais:

    'Fluxos semelhantes a lava' em Marte seriam causados por lama, dizem cientistas
    Por que campo magnético de Marte existiu e depois desapareceu?
    Rio que teria fluído por mais de 100.000 anos pode ser 1ª prova da existência de vida em Marte
    Tags:
    espaço, planetas, planeta, NASA, satélite, Marte, lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar