00:35 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    O Sistema de Alerta de Impacto Terrestre de Asteroide (ATLAS, na sigla em inglês), operado pela Universidade do Havaí, descobriu um asteroide trojan com uma cauda, como se fosse um cometa.

    O objeto batizado de 2019 LD2 faz parte dos asteroides troianos de Júpiter, um conjunto de corpos rochosos que orbitam o maior planeta do Sistema Solar. Trata-se do primeiro dos asteroides orbitais de Júpiter a soltar gás como um cometa.

    Ele foi avistado pela primeira vez em junho de 2019, quando o ATLAS detectou um sinal fraco e novo, que parecia vir dos "troianos de Júpiter".

    Astrônomos estimam que o objeto esteve continuamente ativo durante quase um ano terrestre, segundo a Universidade do Havaí.

    Objeto 2019 LD2  no campo de estrelas
    © Foto / Universidade do Havaí
    Objeto 2019 LD2 no campo de estrelas

    "Acreditamos que os asteroides devam ter grandes quantidades de gelo sob suas superfícies, mas nunca tivemos nenhuma evidência até agora", afirmou Alan Fitzsimmons, astrônomo da Queen's University Belfast, na Irlanda.

    Cientistas acreditam que a maioria dos troianos de Júpiter, que seguem a mesma órbita, é desconhecida e pode haver milhares, além de considerarem muito provável que grande parte foi capturada pela força gravitacional do planeta há bilhões de anos, vindo de um lugar suficientemente distante para que o gelo permanecesse em sua superfície.

    Mais:

    Asteroide de cerca de 100 metros de diâmetro cruzará órbita da Terra nos próximos dias
    NASA e Força Espacial dos EUA arquitetam plano de 10 anos contra asteroide 'cavaleiro do Apocalipse'
    Asteroide se aproxima perigosamente da Terra sem ser detectado por satélites
    Tags:
    atlas, planetas, planeta, Júpiter, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar