22:53 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1391
    Nos siga no

    Moedas e joias de ouro de mais de 2 mil anos foram descobertas em um sepultamento em um vilarejo na ilha de Bali.

    O maior tesouro romano jamais descoberto no Sudeste Asiático foi encontrado por arqueólogos na ilha de Bali, no oceano Índico, revela a publicação Ancient Origins.

    Tesouro de ouro de Bali revela conexões desconhecidas com o Império Romano

    As escavações foram realizadas no vilarejo de Pangkung Paruk, onde um fazendeiro local descobriu vestígios de uma antiga sepultura. Os trabalhos, patrocinados pelo Instituto de Arqueologia de Bali, permitiram identificar quatro sarcófagos ovais de pedra contendo vários objetos e móveis cerimoniais.

    Os pesquisadores asseguram que a descoberta não possui precedentes: trata-se da maior coleção de moedas e ornamentos romanos jamais encontrada no Sudeste Asiático.

    Entre os objetos mais curiosos estão dezenas de pérolas douradas, fabricadas no Egito e Levante, territórios governados por Roma anteriormente. Dois espelhos chineses de bronze, assim como ornamentos feitos de cascas de moluscos e berilo também foram encontradas no local, detalha a publicação.

    Mais:

    Arqueólogos acham no Egito 83 tumbas repletas de sarcófagos e peças de barro (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem origens do antigo 'jogo de tabuleiro da morte' egípcio (FOTO)
    Mistério de 2.000 anos do Império Romano é resolvido
    Tags:
    joias, Império Romano, Sepultura, Tesouro, Bali
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar