08:10 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    036
    Nos siga no

    Um engenheiro aeroespacial mostrou como seria o planeta com os satélites que devem ser lançados até 2029, dos quais grande parte pertencem a SpaceX.

    Na 23ª Conferência anual de Transporte Espacial Comercial em Washington, uma animação mostrou como a Terra poderia ser vista dentro de nove anos com mais de 57.000 satélites girando ao seu redor, segundo a International Business Times.

    No vídeo, o engenheiro aeroespacial Dan Oltrogge, da empresa Analytical Graphics, incluiu satélites cujo lançamento está planejado entre 2017 e 2029, onde a maioria deles pertence à SpaceX.

    Na gravação, é possível observar a grande quantidade de pontos que representam os satélites e que aumentam ano após ano. Segundo as previsões, até 2029 a órbita do planeta pode vir a ser vista quase completamente coberta pelos dispositivos.

    Em outubro, a empresa norte-americana de transporte aeroespacial SpaceX solicitou à União Internacional de Telecomunicações autorização para o lançamento de 30.000 satélites Starlink, somados a outros 12.000 satélites.

    No dia 29 de janeiro, a empresa lançou o foguete Falcon 9 com 60 satélites Starlink a bordo, como parte de um ambicioso projeto para oferecer Internet de banda larga a todo o mundo, e que vem sendo muito criticado, principalmente pelos astrônomos, que esses dispositivos dificultam o trabalho dos telescópios terrestres e podem aumentar a quantidade de lixo espacial.

    Mais:

    Beleza em movimento: sonda da NASA registra caótico hemisfério norte de Júpiter (FOTO)
    Veja em VÍDEO 'golfinho' na superfície de Júpiter fotografado pela NASA
    NASA desliga telescópio que mostrava como funciona Universo após 16 anos de observações
    Tags:
    Terra, planeta, lixo espacial, satélites
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar