05:56 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    140
    Nos siga no

    O Telescópio Espacial Spitzer, da NASA, revelou uma imagem de estrelas recém-nascidas ocultas atrás de espessa poeira em uma seção chamada de Cluster da Árvore de Natal.

    Essas estrelas recém-nascidas surgem como manchas vermelhas e de cor rosa em direção ao centro, como tivessem sido formadas em intervalos espaçados ao longo de estruturas lineares em uma configuração semelhante aos raios de uma roda ou a um floco de neve.

    Acredita-se que as estrelas sejam recém-nascidas, ou "protoestrelas", devido ao fato de traçarem o padrão de raios retos de uma roda. 

    NASA mostra flocos de neve cósmicos no Cluster da Árvore de Natal
    © Foto / NASA / JPL-Caltech/P.S.Teixeira
    NASA mostra flocos de neve cósmicos no Cluster da Árvore de Natal

    Com apenas 100 mil anos de idade, essas estruturas infantis precisam "rastejar" e se afastar do local onde nasceram, fazendo com que durante o tempo os movimentos naturais à deriva de cada estrela rompam essa ordem e o padrão do floco de neve passa a não existir mais.

    Todas as estrelas formadas a partir da nuvem de poeira são consideradas parte do aglomerado, mesmo que não brilhem intensamente nos olhos infravermelhos do Spitzer.

    Além disso, o Telescópio Spitzer ilumina a densa Nebulosa do Cone, como é possível observar no canto inferior esquerdo da imagem. Ressalta-se que o aglomerado da Árvore de Natal, de forma triangular, é formado por um conjunto de diversas estrelas jovens e está localizado no norte da NGC 2264, logo acima da Nebulosa do Cone.

    Mais:

    NASA detecta novo tipo de explosão magnética no Sol (VÍDEO)
    Sonda da NASA volta a cavar Marte em meio a descobertas de misteriosos tremores
    NASA registra 'doce natalino' no centro da Via Láctea (FOTO)
    Tags:
    telescópio, espaço, Natal, neve, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar