22:36 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    232
    Nos siga no

    Uma nebulosa planetária é a etapa final de uma estrela parecida com o nosso Sol, que no final de sua vida irá se transformar em uma gigante vermelha, explicam os cientistas.

    A NASA divulgou na sexta-feira (30) uma imagem captada pelo telescópio espacial Hubble da nebulosa planetária NGC 5307 localizada na constelação de Centaurus, a uma distância de aproximadamente 10.000 anos-luz da Terra.

    De acordo com os astrônomos, uma nebulosa planetária representa a etapa final de uma estrela similar ao Sol que, no final de sua existência, irá se transformar em uma gigante vermelha. Neste sentido, os especialistas explicam que as nebulosas planetárias nos proporcionam a oportunidade de vislumbrar o possível futuro do nosso Sistema Solar.

    ​A nebulosa planetária NGC 5307, que se encontra a uma distância de cerca 10 mil anos-luz da Terra, pode ser vista na constelação de Centaurus.

    As estrelas se sustentam pela fusão nuclear que ocorre no seu núcleo, criando energia. Os processos de fusão nuclear estão constantemente destruindo a estrela e somente a força gravitacional da mesma evita que isso aconteça.

    Na etapa final da nebulosa planetária, estas forças ficam desequilibradas e o núcleo da estrela colapsa por si próprio, por não ter energia suficiente. Ao mesmo tempo, as camadas da superfície são expulsas para fora.

    Na imagem recém-publicada, se pode observar o que resta de uma estrela, com as camadas externas brilhantes que rodeiam a anã branca , que são os restos do núcleo da estrela gigante vermelha.

    Entretanto, este não é o fim da evolução desta estrela, dizem os cientistas, estas camadas externas ainda estão se movendo e esfriando e, daqui a alguns milhares de anos, irão se dissipar, deixando a anã branca com um brilho fraco.

    Mais:

    Sósia do Sol: astrônomos descobrem estrela 'tossegosa' moribunda
    Astrônomos descobrem que misterioso planeta 'infernal' parece uma bola de rugby
    Tags:
    Sistema Solar, Hubble, NASA, estrela anã, nebulosa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar