13:10 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Nebulosa planetária NGC 2022, localizada na constelação de Orion.

    Hubble tira FOTO da última fase de vida de estrela gigante

    © Foto: ESA/Hubble & NASA, R. Wade
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    222

    O telescópio orbital Hubble conseguiu fotografar a nebulosa planetária NGC 2022, localizada na constelação de Órion, a uma distância de 8 mil anos-luz da Terra.

    Esta imagem mostra o aspecto que o nosso Sistema Solar poderá vir a ter no futuro.

    No centro deste enorme bola espacial gasosa se localiza uma estrela que está envelhecendo e que tentou reter suas camadas exteriores durante bilhões de anos, antes de perdê-las no espaço, destaca o site do Hubble.

    As estrelas massivas existem durante relativamente pouco tempo e depois morrem, se transformando em estrelas supernovas – um evento astronômico que acontece durante os estágios finais de evolução de algumas estrelas e se caracteriza com uma explosão muito brilhante.

    No entanto, a grande maioria das estrelas do universo, incluindo o nosso próprio Sol, não tem massa suficiente para se transformar em supernovas, e passados bilhões de anos, atinge uma breve mas impressionante fase chamada de nebulosa planetária.

    Uma nebulosa planetária é formada por um invólucro brilhante em expansão de plasma e gás. A nebulosa se forma quando no núcleo da estrela há apenas uma pequena parcela de hidrogênio não queimado, e a pressão da radiação desloca a maior parte da matéria de suas camadas externas. O "coração" quente e ardente da estrela ilumina a matéria durante algum tempo, até se dissipar, criando um espectáculo magnífico.

    O nome de nebulosa planetária causa alguma confusão, sendo que não tem nada a ver com planetas. O nome provém da forma redonda, semelhante a um planeta, que estes objetos tinham quando eram vistos nos primeiros telescópios.

    Mais:

    Astrônomos descobrem 39 galáxias de existência inexplicável
    NASA publica FOTO da fusão de 2 galáxias mostrando futuro da Via Láctea
    Tags:
    estrelas, hubble, constelação, nebulosa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar