03:32 17 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Missão espacial Apollo 11 (foto de arquivo)

    NASA explica por que americanos ainda não voltaram à Lua nem pousaram em Marte

    CC BY 2.0 / Marc Van Norden / Apollo 11 - Aldrin e LM
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    301432
    Nos siga no

    O administrador da NASA, Jim Bridenstine, explicou à CBS por que é que os EUA suspenderam o seu programa espacial lunar e não pousaram em Marte.

    Segundo Bridenstine, isto deve-se a riscos políticos, pelos quais ele subentende a falta de financiamento. Ele acrescentou que, se não fosse isso, os americanos já estariam na Lua e em Marte.

    Bridenstine disse que na década de 1990 e início dos anos 2000, a NASA tentou voltar à Lua e pousar em Marte, mas ambos os programas levaram muito tempo a preparar e implicavam gastos sérios. O administrador da NASA também observou que, pela mesma razão, o pouso em Marte, previsto para 2024, pode não se realizar.

    Planos de Donald Trump

    Recentemente, a administração de Donald Trump estabeleceu o objetivo de acelerar a implementação do programa lunar e enviar um homem para o satélite da Terra nos próximos 5 anos, em vez de 2028.

    O programa espacial atualizado foi chamado de "Artemis" em honra da deusa grega da Lua. Segundo a mitologia, Artemis também era irmã de Apolo. Seu nome foi usado pelo programa lunar americano anterior, durante o qual, em julho de 1969, foi realizada a primeira viagem do homem à Lua.

    Mais:

    EUA afirmam ter 'jurisdição' sobre áreas na Lua que receberam missões Apollo
    Força Espacial: Musk defende que os EUA tenha bases na Lua e em Marte
    Chefe da Roscosmos vê mascaramento militar no programa dos EUA de levar homem à Lua
    Tags:
    EUA, NASA, Jim Bridenstine, programa, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar