21:27 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Crocodilo-do-Nilo (Crocodylus niloticus) na aldeia de Velky Karlov, no sudeste da República Checa, 25 de maio de 2011

    Como foram lá parar? Ossos de crocodilo encontrados no deserto de Israel (FOTO)

    © AP Photo / Petr David Josek
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10

    Os arqueólogos ficaram perplexos ao encontrarem ossos de crocodilo no deserto em Israel. A incrível descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Haifa na região de Neguev – uma área desértica no sul do país.

    Os resultados da descoberta foram publicados no jornal Scientific Reports. A equipe de investigadores, liderada pelo professor Guy Bar-Oz, disse que a descoberta prova que uma civilização antiga, eventualmente desaparecida, teria vivido ali.

    Para além dos ossos de crocodilo, também foram encontrados restos de ovelhas, cabras e antílopes africanos. Mas o mistério envolve os restos do réptil, que são um achado único.

    Mistério: arqueólogos desenterram ossos de crocodilo no deserto de Israel

    Existem várias especulações de como o animal foi parar no deserto, com teorias de que podia ter sido trazido do Nilo e usado em algum tipo de cerimônia ou até mesmo comido. 

    "Os crocodilos eram venerados no Egito e, na época romana, há referências de terem sido levados para Roma e mantidos em piscinas especiais com plataformas", refere o estudo. 

    Cientistas encontram esqueletos dentro de vasos da morte em Laos
    © AFP 2019 / HO/Universidade Nacional Australiana
    No próprio Egito, em Manfalut, foi encontrada uma armadura romana de pele de crocodilo, sugerindo talvez a adoção de cultos locais de crocodilo por legionários; um texto egípcio contemporâneo de Ateneu menciona o crocodilo assado como "um prato mais delicado", indicando que o seu uso era também culinário, informa Daily Star

    A presença de pele de crocodilo nos restos encontrados em Shivta [sítio arqueológico no deserto de Neguev] pode sugerir que a pele do crocodilo era mais usada do que a carne. 

    O uso da pele de crocodilo poderia ter sido muito amplo e variar desde a utilização como apetrechos em rituais até como meio de destacar o status social.  

    Mais:

    'Grande leão africano': fóssil de um dos maiores mamíferos carnívoros é achado (FOTOS)
    Fóssil de baleia quadrúpede é descoberto no Peru
    Tags:
    esqueleto, descoberta, arqueologia, crocodilo, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar