16:37 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Aedes Aegypti

    Vacina contra chikungunya já está sendo testada em humanos

    © REUTERS / Paulo Whitaker
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    131

    Testes em humanos para obtenção de uma vacina contra chikungunya estão sendo realizados por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, informou Agência Brasil.

    O estudo foi apresentado nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, pelo infectologista mexicano Arturo Reyes-Sandoval, no Simpósio Desafios e Oportunidades na Pesquisa Clínica em Chikungunya: Produzindo Evidências para Saúde Pública.

    A vacina está em testes em 24 voluntários no Reino Unido. Uma nova rodada de testes deverá ser realizada no ano que vem, com pelo menos 120 pessoas no México. Segundo o cientista, testes realizados atualmente buscam uma dosagem eficiente para a imunização, que já demonstrou não apresentar efeitos adversos. 

    O estudo no México deve avaliar também a possibilidade de uma vacina que combine a imunização da chikungunya e da zika de forma segura. No melhor dos cenários uma vacina contra a doença pode estar disponível em cinco anos.

    O pesquisador explicou que chikungunya possui capacidade limitada de mutação. Assim foi possível criar uma vacina que abrange todas as mutações e permite precaver futuras.

    "Estarmos um passo à frente do vírus", comemorou Arturo. "Historicamente, a grande dificuldade foi a falta de interesse. Agora, a chikungunyua está em muitas partes do mundo e está chegando à Europa. Isso favorece o financiamento", concluiu, citado pela Agência Brasil.

    Mais:

    Duas pessoas morrem após tomar vacina contra febre amarela em São Paulo
    Começam os testes em humanos da vacina contra o vírus da AIDS
    Cientistas querem uma vacina para proteger leitores de notícias falsas
    Países começam a exigir vacina contra febre amarela para viajantes do Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar