14:51 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Imagem da Lua tirada do espaço

    Sonda israelense está no caminho certo rumo à Lua

    CC BY 2.0 / huw-ogilvie / Crescent Moon
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    530

    É a primeira vez que uma nave construída por uma empresa privada chegará até a Lua. A iniciativa é da empresa de Israel.

    A sonda lunar privada Beresheet da startup espacial israelense SpaceIL ligou com sucesso os motores pela quarta vez para se reposicionar rumo à Lua, informa a assessoria de imprensa da SpaceIL.

    Opher Doron, gerente-geral do Departamento Espacial da Indústria Aeroespacial de Israel (IAI) que construiu a sonda para a SpaceIL, afirmou que algumas manobras menores para otimização da trajetória estão programadas para os próximos dias, mas sem grandes queimas antes de chegar à Lua, destacando que "estamos a caminho da Lua com muito sucesso agora mesmo".

    A sonda israelense Beresheet foi lançado ao espaço com sucesso a bordo de um veículo lançador Falcon 9. Vale destacar que a criação israelense surgiu inicialmente com objetivo de participar do famoso concurso Google Lunar X Prize, que reunia aparelhos lunares de qualquer interessado para enviar o melhor ao satélite natural.

    Tecnicamente falando, os engenheiros israelenses não criaram exatamente um aparelho designado para se mover na superfície da Lua, mas, sim, para saltar. Após o pouso, a sonda lunar saltará 500 metros enquanto fotografa o satélite natural para posterior envio das imagens para a humanidade.

    Mesmo não tendo conseguido ganhar o concurso por falta de tempo e ter perdido o principal investidor da ideia — Google, SpaceIL conseguiu encontrar outros investidores e enviar a sonda ao espaço, onde passará cerca de dois meses e meio, afastando-se aos poucos da Terra.

    A sonda já enfrentou algumas situações perigosas, como, por exemplo, reinicialização do computador principal, mas, mesmo assim, manobras foram executadas com êxito rumo à Lua.

    Na terça-feira (19), a sonda israelense conduziu a quarta e última correção de curso, ligando os motores por aproximadamente um minuto, posicionando-se na órbita elíptica.

    Há a esperança de a sonda alcançar a Lua no início de abril. O pouso será efetuado no Mar da Serenidade, e irá fazer pesquisas da sonda em solo lunar durante dois dias.

    Se tudo correr como previsto, a sonda Beresheet será não só o primeiro aparelho espacial privado na Lua, mas também o primeiro a instalar um dispositivo científico não governamental, um detector de campo magnético que irá realizar primeiras mediações.

    Mais:

    Rover lunar chinês estuda pedras no lado oculto da Lua
    NASA mostra 'queimaduras solares' na Lua (FOTO)
    Fonte revela planos russos sobre exploração de recursos da Lua
    Tags:
    nave espacial, lua, empresa privada, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar