15:40 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Pequena Indira com seu irmão na praia de Camet Norte, localizada no sudeste da província de Buenos Aires

    Menina encontra 'tesouro' pré-histórico em uma praia da Argentina (FOTOS)

    © Foto / Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 152
    Nos siga no

    Indira Guzmán Bravo, uma menina argentina de 3 anos de idade, encontrou parte de um fóssil de um elefante pré-histórico durante um passeio com sua família na praia de Camet Norte, na província de Buenos Aires.

    A menina encontrou algo diferente entre as conchas e pedras: o molar de um mastodonte sul-americano. Este era um tipo de elefante pré-histórico que há um milhão de anos habitava na América do Sul e se extinguiu há apenas 10.000 anos atrás, tal como outros grandes mamíferos que ocupavam a área.

    • Pequena Indira com seu achado: molar de um mastodonte sul-americano com mais de 30.000 anos
      Pequena Indira com seu achado: molar de um mastodonte sul-americano com mais de 30.000 anos
      © Foto / Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
    • Molar de mastodonte sul-americano com mais de 30.000 anos de antiguidade
      Molar de mastodonte sul-americano com mais de 30.000 anos de antiguidade
      © Foto / Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
    • Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
      Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
      © Foto / Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
    1 / 3
    © Foto / Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata
    Pequena Indira com seu achado: molar de um mastodonte sul-americano com mais de 30.000 anos
    No sudeste da província de Buenos Aires estão localizados os campos paleontológicos mais importantes dos últimos 6 milhões de anos na América do Sul. Segundo o relatório oficial do Museu Municipal de Ciências Naturais Lorenzo Scaglia de Mar del Plata, as áreas costeiras de Camet Norte, próximas da albufeira Mar Chiquita, contêm os últimos 50.000 anos de história natural, explica.

    "O pequeno tesouro de Indira permitiu-nos retornar 30.000 anos atrás no tempo, quando o planeta Terra começou a viver no último período de gelo em sua história", disse Matthias Taglioretti, paleontólogo do museu.

    Dinossauro de pescoço longo mais antigo do mundo é achado no Brasil
    Márcio L.Castro/ Divulgação/Centro de Apoio a Pesquisa Paleontológica
    O mastodonte sul-americano foi o maior mamífero terrestre que existia na região. Ele pesava 7,5 toneladas e tinha cerca de 2,5 metros de altura. Os molares deste ancestral dos elefantes têm duas fileiras de cúspides bulbosas em forma de um trevo.

    Há um milhão de anos, a linha das áreas costeiras era diferente e todo o mar em frente à província de Buenos Aires era uma extensa planície com abundante vegetação e lagos, córregos e rios que desaguavam na costa atlântica. Nesses tempos, a megafauna sul-americana era composta de mais de 20 espécies de mamíferos com massas corporais acima de 1.000 quilos.

    "É realmente emocionante como Indira, com apenas três anos, conseguiu perceber que era algo diferente de tudo que estava naquela praia", disse Taglioretti.

    O molar de mastodonte foi entregue ao museu Scaglia, onde foi temporariamente depositado em sua coleção. "O fóssil não é de alguém, pertence a todos, e para que seja de todos deve estar em um museu" estabelece a lei do Sistema Nacional de Defesa de Património Arqueológico e Paleontológico da Argentina.

    "Trata-se de material de grande valor patrimonial, natural e cultural e é muito agradável saber que até uma menina de 3 anos entende isso", concluiu Taglioretti.

    Mais:

    Nova espécie de dinossauro gigante é descoberta na Argentina (FOTOS)
    Dinossauro até então desconhecido estava 'se escondendo' em opalas na Austrália
    Dinossauro com espinhos nas costas é encontrado na Patagônia (FOTOS)
    Tags:
    mamíferos, achado, praia, menina, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar