05:41 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Imagem capturada pelo Observatório Orbital Hubble

    FOTO incrível do telescópio Hubble registra profundamente o Universo

    © NASA . A. Shapley (UCLA)
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3171
    Nos siga no

    Uma das imagens mais icônicas do telescópio Hubble é a “Hubble Ultra Deep Field”, que retrata uma visão de diversas galáxias de formas, cores e tamanhos variados.

    A equipe do Hubble publicou uma versão mais profunda em 2012, entretanto, a nova imagem mostra algo ainda mais profundo no Universo, conforme publicação do jornal Astronomy & Astrophysics.

    A pesquisa realizada por um grupo de pesquisadores do Instituto de Astrofísica de Canarias em conjunto com a Agência Espacial Europeia, na Espanha, publicou "a imagem mais profunda do Universo registrada do espaço".

    ​Hoje, apresentamos nosso novo documento "The missing light of the Hubble Ultra Deep Field". Descobrimos milhões de estrelas que estavam escondidas nas versões anteriores da imagem mais profunda do Universo, o Hubble Ultra Deep Field. 

    A nova imagem retrata algo totalmente diferente das anteriores registradas pelo telescópio Hubble. A imagem original do Ultra Deep Field de 2004 é descrita como "uma amostra 'profunda' da base do Universo, passando através de bilhões de anos-luz".

    Os aperfeiçoamentos da tecnologia de processamento da imagem ajudaram os pesquisadores a criar uma nova e detalhada visão, mostrando as massas das áreas cinzentas que anteriormente estavam escuras, na imagem publicada em 2012.

    A equipe de pesquisa trabalhou a partir de diversas observações do Hubble, processando uma combinação de vistas com o objetivo de descobrir uma grande quantidade de luz emitida pelas estrelas a partir de zonas externas das galáxias maiores, segundo o líder da equipe de pesquisa, Alejandro Borlaff.

    O novo Ultra Deep Field parece um emaranhado, contudo, o Instituto de Astrofísica de Canarias afirma ter descoberto luz, que permitiu a visualização de algumas galáxias que são quase duas vezes maiores do que quando foram avistadas anteriormente.

    Mais:

    Corajosas e fortes: conheça as mulheres russas que conquistaram o espaço
    Por que ETs vêm à cabeça quando fenômenos inexplicáveis são percebidos no espaço?
    Acelerador de partículas ainda maior poderia detalhar Universo como nunca antes
    Tags:
    telescópio, agência espacial, astronomia, astrofísica, vista, Hubble, Universo, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar